Conecte-se conosco





Brasil

Uber e 99 reveem pagamentos de motoristas após queixas sobre cancelamentos

Problemas como alta do preço dos combustíveis e do aluguel de carros interferem diretamente no trabalho dos motoristas de app

Publicado

em

Motoristas de aplicativos de transporte como a Uber e a 99 (antiga 99 táxis) vêm sofrendo com a alta na gasolina, que, em alguns postos do país, já chegou a bater a marca dos R$ 7. Problemas com o preço do aluguel de carros também interferem diretamente no trabalho dos profissionais. Com isso, cresceram as queixas entre usuários, relacionadas a cancelamentos e tempo de espera pelos motoristas, mas escassos hoje em relação à demanda.

Nesse contexto, a Uber alterou nesta semana a sua tabela de preços, para tentar melhorar o retorno de seus colaboradores.

Na região metropolitana de São Paulo, por exemplo, o valor base de viagens da UberX teve um aumento de 10% a 15%, o valor por minuto aumentou entre 10% e 35% e o valor por km teve um aumento de 10% a 15%, dependendo da área/cidade do estado. Em alguns lugares do Rio Grande do Norte, o valor de mudança percorrida foi alterado, saindo de R$ 0,90 para R$ 1,03 por quilômetro rodado, um aumento de 14,5%, bem como o que é pago pelo tempo de viagem, reajustado em 17%, de R$ 0,12 para R$ 0,14 por minuto.

“Com o aumento constante dos combustíveis, a Uber tem intensificado seus esforços para ajudar os motoristas parceiros a reduzirem seus gastos, com parcerias que oferecem desconto em combustíveis, por exemplo, assim como tem feito uma revisão e reajustado os ganhos dos motoristas parceiros em diversas cidades. Na região metropolitana de São Paulo, por exemplo, os valores de ganhos com viagens UberX foram reajustados em até 35% nesta semana”, diz a Uber em nota enviada ao CNN Brasil Business.

A 99 também anunciou, na quinta-feira (9), que irá reajustar sua tabela de pagamentos. Em nota, a companhia afirma que “está acompanhando os constantes aumentos dos combustíveis e seus efeitos negativos sobre a categoria” e que “diante desse cenário, vem implementando diversas medidas para contribuir com mais ganhos para os motoristas parceiros”.

Comentários

Em alta