Momento em que o acusado leva os policiais até o local onde escondeu a arma usada na tentativa de homicídio.

Polícia desvendou crime de ‘tocaia’ na zona rural em menos de 2 horas e prende acusado pelo crime que lutou contra os desmatamentos da floresta na década de 80 ao lado de Chico Mendes contra os grandes fazendeiros da região de Xapuri.

Na manhã de sábado, 21, deu entrada no hospital da cidade de Xapuri, um jovem de 26 anos com ferimento no corpo causado por arma de fogo. A situação foi comunicada à polícia.

Osvaldão, como é conhecido, esteve na luta ao lado de Chico Mendes

De imediato, delegado Karlesso Nespoli, que atualmente responde pelo município de Xapuri, determinou que o investigador Eurico Feitosa juntamente com sua equipe tomasse providências na investigação.

Os investigadores logo em seguida através de uma testemunha, tomaram conhecimento que o fato tinha ocorrido na zona rural de Xapuri, no seringal Sibéria,  Colocação Recadinho, sendo que o suspeito do crime seria o tio da vítima, identificado como Osvaldo Carlos de Oliveira, mais conhecido como “Osvaldão”, que possui uma propriedade ao lado da colônia da vítima.

Foi levantado que os envolvidos, tanto vítima quanto suspeito, já teriam feitos trocas de ameaças de morte por divisa de terra no passado. Os investigadores tomaram conhecimento que a vítima no momento que foi atingida com um tiro nas costas, no momento em que transitava por um ramal próximo a casa do suspeito.

Após localizarem a arma, o policiais conduziram o acusado para a delegacia de Xapuri.

A vítima mesma ferida conseguiu fugir do local e pedir ajuda ao seu diarista que se encontrava próximo do ocorrido. Através de todos os materiais coletados na investigação ainda na cidade, os investigadores se deslocaram até o local do crime, onde através de levantamento, chegaram à conclusão que o autor do crime montou uma tocaia as margens do ramal para esperar a vítima passar.

Após sair do local do crime, os investigadores chegaram na casa do principal suspeito, sendo o Tio da vítima. Foi quando através de entrevistas com o suspeito a respeito do caso, o mesmo a princípio negou ter sido o autor do crime.

Pouco momentos após conversar com o suspeito, ele acabou confessando o crime, alegando que tinha sido ameaçado de morte pela  vítima meses atrás, por isso,  cometeu atentado, inclusive entregando a arma de fogo utilizada no crime, uma espingarda de calibre 28, que já havia sido escondida no meio do mato juntamente com oito cartuchos intactos  do mesmo calibre.

Osvaldo sempre esteve ligado na política desde a década de 80, lutando ao lado de Chico Mende – Foto: Arquivo/internet

Os investigadores encontraram ainda em poder do acusado, outra arma de fogo tipo espingarda de calibre 16, juntamente com seis cartuchos intactos. De acordo com o Inspetor Eurico Feitosa, o crime utilizado em tocaia pelo autor, era um modo operante utilizados por pistoleiros do passado na região.

O acusado foi encaminhado para a delegacia de Polícia Civil do município de Xapuri onde foi autuado em flagrante pelo delegado Karlesso Nespoli por ter cometido o crime de tentativa de homicídio.

Comentários