A secretária confirmou as declarações do governador e diz que o preso não recebe nenhum tratamento especial

Da redação, com ac24horas

O professor de educação física Wilson Cruz das Neves, de 57 anos, que é tio do governador Sebastião Viana e do Senador Jorge Viana, do PT foi preso no último dia (3), acusado de estuprar uma menina de três anos. A denúncia foi apresentada pela avó da criança que é companheira de Wilson Cruz há pouco mais de seis meses.

Wilson Cruz das Neves foi autuado por estupro de vulnerável, e encaminhado ao presídio Francisco D´Oliveira Conde. Informações de agentes penitenciários dão conta que Wilson Cruz teria informado que era tio do governador, além de ter nível superior em Educação Física, sendo encaminhado a Papudinha, local onde detentos cumprem regime semiaberto.

Segundo informações do site ecos da noticia, a avó da menina que foi violentada não quis falar sobre o assunto e alegou que estaria sofrendo ameaças de morte.  A mãe da menor relata que Wilson e sua mãe pegaram a criança por volta das 13h, em sua residência. Por volta das 18h, a avó da menor teria ligado e informado o que ocorreu com a criança.

A mãe e a avó da criança foram ouvidas pelo delegado Ilzomar Pontes, que determinou que que a menor passasse por exames na Maternidade Barbara Heliodora e no Instituto Médico Legal  (IML). O governador Sebastião Viana se manifestou através de sua assessoria de comunicação, em nota enviada ao site ecos da notícia.

A secretária adjunta de comunicação do Governo do Acre confirmou as declarações do governador. Andréa Zilio afirma que o preso não estaria recebendo nenhum tratamento especial na unidade prisional onde está recolhido. “Ele afirma que se trata de um crime monstruoso, se culpado, independente de ser parente ou não, deve ser punido”, enfatiza.

Fonte: ecosdanoticia

Comentários