Da redação, com agazeta.net

Para reduzir custos e cobrar mais dos secretários e dos cargos do segundo escalão, o Governo do Estado começa a demitir secretários e fazer a fusão de secretarias.

A fusão das secretárias começou nas pastas de Agricultura e de Produção, Lourival Marques é quem comanda as duas. A Secretaria de Floresta foi anexada à Secretaria de Indústria e Comércio. Na Secretaria de Turismo, Ilmara Cordeiro pediu exoneração e quem vai ficar à frente é o secretário de Comunicação Leonildo Rosas, que vai acumular as duas pastas.

Desde o ano passado o Governo vem perdendo dinheiro nos repasses federais. Segundo sua assessoria, o montante já chega aos R$ 500 milhões. O governador Tião Viana teve que fazer cortes nas despesas.

Outra secretaria que está sem secretário é a de esportes. Mauro de Deus foi exonerado e quem responde é o secretário de Educação, Daniel Zen. Na Polícia Civil não existe mais o status de secretaria, agora é diretoria.

O secretário de comunicação Leonildo Rosas informou que podem haver novas mudanças tanto por economia como por competência. No início do governo Tião Viana já tinha alertado que só ficará no time quem se esforçar e trouxer resultados positivos.

Comentários