Amarildo Carneiro Costa chegou a passar por cirurgia no pronto-socorro e estava na UTI da unidade em estado grave. Morte foi confirmada pela direção do hospital.

Tenente aposentado que levou dois tiros em tentativa de assalto morre em hospital de Rio Branco — Foto: Arquivo pessoal
Por Iryá Rodrigues, G1 AC

O tenente aposentado da Polícia Militar do Acre (PM-AC) Amarildo Carneiro Costa morreu nesta quarta-feira (5) na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) do pronto-socorro de Rio Branco. A informação foi confirmada pelo diretor-geral do hospital, Areski Peniche.

O militar foi abordado por dois homens em uma motocicleta quando chegava em casa, no bairro Xavier Maia, em Rio Branco, na noite de segunda (3), em uma tentativa de assalto. Os criminosos atiraram duas vezes contra o tenente, que foi socorrido para o pronto-socorro onde passou por cirurgia.

“Ele tinha os dois ferimentos por arma de fogo, sendo um no abdômen e um no braço e o mais grave foi o do abdômen. Era um paciente gravíssimo, teve lesões em órgãos internos importantes e, infelizmente, agora pela manhã ele faleceu”, afirmou Peniche.

A PM-AC desconfia que o tenente foi vítima de uma tentativa de latrocínio. Porém, a motivação exata ainda não está confirmada.

O comando geral da polícia informou, na terça-feira (4), que as investigações para tentar identificar e prender os suspeitos de atirar no tenente já tinham se iniciado e que existem suspeitos sendo investigados.

A polícia chegou a fazer uma campanha para conseguir doação de sangue para o tenente após a cirurgia que ele passou. Ainda na terça, o comandante da PM, coronel Ulysses Araújo, disse que o tenente precisaria passar por um segundo procedimento cirúrgico.

Comentários