Após 56 dias lutando pela vida, a técnica de enfermagem Rosinalda Macedo morreu nesta segunda-feira (8), vítima de complicações da Covid-19, em Rio Branco.

Segundo informações repassadas pela equipe de Saúde, a profissional estava internada Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Pronto-socorro da Capital. 

A técnica foi acometida pela doença e se tratou em sua residência. Após melhorar e testar negativo, ela voltou a atuar na UTI Covid, porém começou a sentir sequelas do vírus e, em seguida, ela foi internada. Após quase dois meses, não resistiu e morreu.

NOTA DE SOLIDARIEDADE!

É com profundo pesar que recebemos a notícia do falecimento da Técnica em Enfermagem Rosinalda Macedo, que ocorreu hoje 07/09 na UTI do Pronto Socorro decorrente de complicações pós covid-19.

Rosinalda Macedo atuava na UTI covid, infelizmente foi infectada e lutou bravamente por 56 dias e perdeu a guerra, mesmo  negativando a covid-19.  

Você cumpriu sua missão, quantas vidas ajudou a salvar… quantas dores aliviou… quantas alegrias proporcionou… quão importante foi pra muitos que tiveram a feliz oportunidade de conhecer e conviver com essa alma generosa, alegre e feliz!

Você escreveu sua história e assim como todas as histórias teve seus momentos bons, ruins, tristes,  alegres, felizes… uma mulher sonhadora,  batalhadora, honrada, aguerrida,  guerreira, que lutou bravamente esse breve período que passou conosco na terra, deixou seu legado!

Sempre foi uma mulher de valor e caráter incontestável, altruísta,  humana,  praticava empatia,  o sorriso era seu cartão postal, uma profissional competente e responsável.

Quero agradecer por tudo que fez por cada pessoa durante todos esses anos, por cada alegria que proporcionou a cada um de nós, por ter colaborado com a vida, com o Estado e cada usuário do SUS.

E, hoje o céu lhe recebe com alegria por ser esse anjo lindo!

Que Deus conforte o coração de suas filhas, familiares,  amigos e colegas e, que lhe  dê o merecido descanso!

Nossos mais sinceros pêsames. 

Descanse em paz!

Rio Branco, Ac 07 de setembro de 2020.

Assessoria Humanização 

Comentários