Jocastra Leite Dias bateu cabeça em meio fio após perder controle da motocicleta que pilotava. Acidente ocorreu na noite desse domingo (5), em Mâncio Lima.

Técnica de enfermagem morre após cair de moto no AC e unidades de saúde param atendimentos em luto — Foto: Asscom/Prefeitura
Por Iryá Rodrigues, G1 AC

A técnica de enfermagem Jocastra Leite Dias morreu após perder o controle da motocicleta que pilotava e bater a cabeça no meio-fio. O acidente ocorreu na noite de domingo (5) em Mâncio Lima, no interior do Acre.

A informação foi confirmada pela secretária de Saúde do Município, Joice Gonçalves, que lamentou o ocorrido. Segundo ela, a vítima trabalhava há mais de dois anos na unidade de saúde Sofia Almeida, no bairro são Francisco e era muito querida pelos colegas.

A secretária conta que a servidora tinha recebido sua motocicleta que estava no lava-jato e foi levar o rapaz de volta ao estabelecimento. No caminho de volta, mesmo pilotando em velocidade baixa, ela caiu do veículo e bateu a cabeça.

“Por isso a gente supõe que ela tenha passado mal, porque pelo que informaram, ela estava andando bem devagar, bateu no meio-fio e ela caiu. Daí, quando ela caiu, acho que o capacete não estava preso e acabou batendo a cabeça. Um rapaz que vinha atrás dela chamou resgate”, diz a secretária.

Já o comandante da Polícia Militar em Mâncio Lima, tenente Antista Batista, afirmou que a polícia foi informada sobre o acidente através de uma policial que estava de folga. Quando a equipe chegou no local, a vítima já havia sido socorrida pelo Samu.

“Quando o pessoal chegou lá não tinha mais ninguém, nem vítima, nem moto, nem nada. Então, a equipe foi até o hospital e recebeu a informação de que ela tinha morrido. O companheiro da vítima disse que ela estava de moto e que não sabia o que tinha derrubado ela ou se tinha caído sozinha. Só disse que tinham encontrado ela caída no chão e que não tinha testemunha”, disse Batista.

Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionada, mas a técnica de enfermagem não resistiu e morreu antes de chegar ao hospital.

O corpo foi levado ainda na noite de domingo para a cidade de Santa Rosa do Purus, onde mora a família Jocastra, para ser velado e sepultado. A vítima deixou três filhos.

Unidades em luto

Apesar da situação complicada na Saúde por conta da pandemia do novo coronavírus, a morte da servidora deixou em luto os demais funcionários e, segundo a secretária, as sete unidades básicas de saúde do município estão com os atendimentos suspensos nesta segunda-feira (6).

A cidade de Mâncio Lima não tem nenhum caso confirmado ou suspeito de Covid-19. Segundo o último boletim da Secretaria de Saúde do Acre desse domingo (5), o estado tem 48 casos confirmados da doença. Desses, 38 são em Rio Branco, nove em Acrelândia e um em Porto Acre.

“Toda Secretaria de Saúde está de luto, hoje não estamos fazendo atendimentos em todas as unidades de saúde. Inclusive ela era uma das técnicas que fazia muito rodízio por conta de férias dos colegas, então, trabalhou em quase todas as unidades de saúde. Toda a equipe de saúde está muito abalada, foi um choque muito grande para todos nós”, afirma Joice.

Os atendimentos seguem normalizados no hospital da cidade. “Também continuam as atividades na barreira sanitária na entrada da cidade e o trabalho interno da secretaria. Mas, as unidades básicas de saúde estão fechadas”, conclui.

Comentários