Conecte-se conosco

Cotidiano

Taxista condenado por morte de engenheira civil no Acre tem pena aumentada para mais de 24 anos

Publicado

em

Silvia Raquel foi assassinada pelo ex-marido que não aceitava o fim do relacionamento — Foto: Reprodução Facebook

Por G1 AC

O taxista Giani Justo Freitas teve a pena aumentada de 19 anos para mais de 24 anos pela morte da engenheira civil Silvia Raquel Mota.

A mudança é resultado de uma apelação do Ministério Público do Acre (MP-AC) e acatado pela Câmara Criminal do Tribunal de Justiça.

Freitas foi condenado em 2019 por homicídio qualificado em regime inicial fechado. Silvia foi encontrada morta dentro de uma caixa d’água na casa dela, no dia 19 de agosto de 2014. Na época, a Polícia Civil chegou a anunciar que as investigações apontavam que o casal estava em fase de separação e que a engenheira, inclusive, já estava em outro relacionamento.

O motivo para o crime seria porque Freitas não aceitava o fim do relacionamento. Após mais de dez dias do crime, a Polícia Civil prendeu Geani Freitas pelo crime, mas ele negou autoria.

O MP-AC entrou com recurso para que pena do réu fosse aumentada destacando que Freitas agiu com frieza e planejou o crime contra a ex-mulher. Além disso, frisou no pedido que o réu é uma pessoa perigosa.

A apelação foi interposta pelo promotor de Justiça Teotonio Rodrigues Soares, que pediu ainda que o réu começasse imediatamente a cumprir pena. Contudo, a Justiça negou o pedido e Freita segue em liberdade enquanto aguarda o transitado e julgado da condenação. A reportagem tentou contato com a defesa do réu, mas não obteve resposta até a última atualização desta matéria.

Crime

Silvia era servidora pública do Instituto de Meio Ambiente do Acre (Imac) e professora na Faculdade da Amazônia Ocidental (FAAO). Ela foi encontrada morta dentro da caixa d’água de casa. Segundo amigos e vizinhos da vítima, ela estava desaparecida desde a noite de 18 de agosto de 2014.

Comentários

Cotidiano

Copinha Arasuper de Futsal com 6 partidas na Assincra

Publicado

em

A fase de classificação da 8ª Copinha Arasuper de Futsal terá mais seis partidas neste sábado, 28, a partir das 8 horas na Assincra/CT Edson, no bairro do Aviário.

“Não temos ginásios em Rio Branco e a solução foi promover as partidas no CT Edson. A estrutura é excelente e certamente teremos mais uma grande rodada”, disse o coordenador da Copinha, Auzemir Martins.

2ª rodada da Copinha

Sub 14

Escola do Flamengo x Amigos Solidários

Santa Cruz x B2 Esportes

Sub 12

Amigos Solidários x Escola do Flamengo

Flamenguinho x Rei Artur

Sub 10

Escola do Flamengo x Águias do Norte

Xavier Maia x Flamenguinho

Comentários

Continue lendo

Cotidiano

Rio Branco e São Francisco disputam amistoso no José de Melo

Publicado

em

Giovanni é um dos titulares do São Francisco para o amistoso

Rio Branco e São Francisco fazem neste sábado, 28, a partir das 8 horas, no José de Melo, um amistoso como parte das preparações para as disputas da Copa Verde e do Campeonato Estadual.

O São Francisco enfrenta o Atlético no torneio regional e o Rio Branco fará o primeiro confronto contra o Princesa do Solimões, do Amazonas.

No Estadual, o São Francisco terá o Vasco no primeiro duelo e o Rio Branco jogará contra Plácido de Castro.

Primeiro teste

O Rio Branco fará o primeiro teste e o técnico Ulisses Torres vai avaliar os atletas. O desempenho no treinamento vai definir a postura da diretoria no mercado de contratações.

“Começamos a trabalhar a parte tática no início da semana e cobrar um bom futebol neste momento seria um exagero”, disse Ulisses Torres.

São Francisco

Com mais tempo de preparação, o São Francisco vai para o amistoso com uma responsabilidade maior. O treinador Erismeu Silva vai começar a realizar os ajustes e definir os titulares.

Comentários

Continue lendo

Cotidiano

Vasco e Andirá Sub 17 empatam em jogo amistoso no campo B

Publicado

em

Léo Raches quer realizar uma grande campanha na Copa do Brasil

Vasco e Andirá Sub 17 empataram por 0 a 0 na tarde desta sexta, 27, no campo B da Federação de Futebol, em um duelo preparatório para a temporada de 2023. O Vasco vai jogar o Estadual e o Andirá estará na disputa da Copa do Brasil Sub 17.

Excelente treinamento

Para o técnico do Andirá, Léo Raches, foi mais um treinamento importante para os ajustes na equipe.

“O primeiro tempo foi muito forte e achei que os garotos sentiram. Na segunda etapa atuamos melhor. Esses treinamentos são excelentes porque vamos jogar um torneio de alto nível”, declarou Léo Raches.

Vasco em formação

Segundo o técnico Pedro Balu, o Vasco é um time em formação e a meta é chegar com time competitivo na estreia do Estadual contra o São Francisco no dia 25 de fevereiro, no Florestão.

“O treino foi importante para realizar as observações. Ainda temos um bom tempo de trabalho”, comentou o treinador.

Comentários

Continue lendo

Em alta