Homem de 51 anos foi identificado pela vítima, porém nega estupro.
Crime ocorreu em dezembro de 2015 em Cruzeiro do Sul, interior do Acre.

Do G1 AC

Um homem de 51 anos foi preso, nesta segunda-feira (29), em Cruzeiro do Sul, interior do Acre. Ele, segundo a polícia, teria estuprado uma vizinha de 11 anos em dezembro de 2015 e fugido para Rio Branco após ter sido reconhecido pela vítima. O suspeito nega envolvimento no crime.

“A criança não relatou o caso aos familiares, mas na escola os professores notaram um comportamento diferente e encaminharam a garota ao Conselho Tutelar. O exame de corpo de delito constatou que houve violência sexual e a própria vítima identificou o suspeito”, explica o delegado Luiz Tonini, responsável pelo caso.

O homem, porém, nega ter cometido o crime e em depoimento disse que na época do crime já estava vivendo em Rio Branco. “Eu nunca entrei na casa dessa criança. Meu sobrinho era acostumado a ver ela com um rapaz. Uma vez quebrei uma pipa desse rapaz. Não sei se ele inventou alguma conversa para se vingar de mim. Nunca tive passagem pela polícia, sou inocente, não sei de onde saiu essa conversa. Nunca encostei um dedo nessa criança”, alega.

O suspeito diz ainda que a acusação causou problemas para ele. “Por causa dessa conversa minha família está desmoronando. Tenho cinco netas e não seria capaz de fazer isso com ninguém”, finaliza.

Após ser ouvido o homem foi levado para o presídio Manoel Neri, em Cruzeiro do Sul, onde deve esperar por uma decisão da Justiça.

Comentários