Conecte-se conosco





Cotidiano

Sinduscon otimista com a retomada das obras no Estado

Publicado

em

Cezar Negreiros

O presidente do Sindicato da Indústria de Construção Civil do Estado do Acre (Sinduscon), Carlos Afonso Cipriano manifestou otimismo com o pacote de obras divulgado pelo governo do Estado.

Desde a chegada do verão que o governador Gladson Cameli percorre os municípios no interior do estado para assinar as ordens de serviços das obras executadas pela Secretaria Estadual da Infraestrutura e Desenvolvimento (SEINFRA) e Departamento Estadual de Estradas e Rodagens do Acre (Deracre). “A nossa expectativa que tenha muitas obras para nós gerarmos muitos empregos e novas oportunidades de trabalho neste segundo semestre”, declarou o empresário do setor.

A declaração do representante do setor patronal reflete o volume de obras do governo do Estado pós pandemia. Mais R$ 120 milhões destinados à retomada das obras paralisadas desde a gestão passada. O aporte de recursos liberados na ordem de R$ 12 milhões, para a urbanização dos bairros da capital acreana, com a construção de rede de esgoto, calçamento e meio-fio.

A retomada da obra do Museu dos Povos Acreanos, chega em torno dos R$ 3,5 milhões, enquanto na área da saúde chegou a quantia de R$ 7 milhões que estava para ser devolvidos aos cofres da União, da reforma do hospital João Câncio Fernandes, no município de Sena Madureira (região do Vale do Envira).

Cerca de R$60 milhões para construção do anel viário de Brasileia e a duplicação da ponte que interliga Epitaciolândia a Brasileia. As obras da duplicação da AC-405, em Cruzeiro do Sul chegam em torno dos R$ 36 mi, para execução dos serviços de alargamento da pista, construção do acostamento, paisagismo e afastamento das unidades habitacionais que ficam no entorno do empreendimento rodoviário.

Um aporte de R$89.162.625,48 para o melhoramento de quase 250 quilômetros de estrada vicinais nos seguintes municípios: Rio Branco, Porto Acre, Plácido de Castro, Xapuri, Epitaciolândia e Brasileia, em fase de execução. A capital acreana contemplada com quase 40 quilômetros, enquanto o município de Porto Acre, com 71 quilômetros, Epitaciolândia contemplado com 74 quilômetros, Brasileia com quase 11 quilômetros, Xapuri, com 17 quilômetros e Plácido de Castro, com 31 quilômetros.

Previsão

As obras que serão executadas nos municípios nos municípios de Sena Madureira e Senador Guiomard. Estão previstos um montante de R$11.474.426,50, segundo a equipe técnica do Departamento Estadual de Estradas e Rodagens. Além de um aporte complementar de mais R$2.869.498,31 para recuperação de outros trechos críticos de Sena, mas o projeto em fase de aprovação pela superintendência da Caixa Econômica Federal no Acre (CEF). Para a recuperação do ramal do Adolar, em fase de elaboração está orçado em torno de R$6.660.671,25, enquanto o projeto em fase de elaboração da pavimentação das ruas do município de Senador Guiomard chega a casa dos R$13.182.461,92.

A pavimentação da Rodovia AC-380 no município de Xapuri que está orçada em torno de R$24.365.726,08, a construção de três pontes de cimento no ramal Jarinal na estrada Transacreana beira a casa dos R$1.591.809,04 em processo licitatório e mais a construção de duas rampas e duas escadarias no porto marítimo de Porto Acre, na fase licitatória, chega em torno de R$1.277.624,56.

Comentários

Em alta