Por volta das 16h em trabalho de supervisão técnica, eles foram alvo de sequestro relâmpago, com o consequente roubo do carro da Entidade.

Carro da Emater foi roubado em Rondônia — Foto: Reprodução/Redes Sociais
Com rondoniagora

Um grupo de servidores da Emater de Nova Mamoré foi mantido refém até as primeiras horas da manhã desta sexta-feira (16) na zona rural do município. Os criminosos renderam os trabalhadores na Terceira Linha do Ribeirão e os mantiveram sob mira de armas de fogo até uma outra parte do bando atravessar uma caminhonete oficial do Governo de Rondônia, uma Toyota Hilux, para a Bolívia.

As autoridades do município já pediram apoio da Secretaria de Segurança Pública para desbaratar as quadrilhas que atuam na região. A mesma estratégia dos criminosos é usada desde o início do ano para roubar carros importados e levar para o país vizinho através das várias linhas do município.

Os trabalhadores retornavam para o município de Nova Mamoré, após visitas técnicas na Zona Rural. Eles explicaram que trafegavam pela terceira linha, quando foram surpreendidos por dois suspeitos armados.

Depois que um dos suspeitos assumiu a direção do veículo, ficaram cerca de seis horas circulando por estradas da área.

Ainda de acordo com as vítimas, os dois homens estavam em contato com outras pessoas para combinar a travessia do veículo para a Bolívia. Por volta das 19h, perto da linha D, eles desembarcaram os reféns e aguardaram mais duas horas.

Às 22h, os trabalhadores foram libertados. As conversas dos suspeitos teriam confirmado o embarque do veículo para o país vizinho.

Ninguém se feriu fisicamente, mas tiveram pertences pessoais, como celulares e joias, roubados. Até o momento o veículo não foi localizado.

A assessoria da Emater informou em nota, que entre as vítimas estão dois servidores lotados no escritório regional de Porto Velho e um no escritório local de Nova Mamoré. Por volta das 16h em trabalho de supervisão técnica, eles foram alvo de sequestro relâmpago, com o consequente roubo do carro da Entidade.

“Considerando que os empregados não retornaram do trabalho de supervisão no horário previsto e não sendo possível contato telefônico com os mesmos a Emater acionou a Polícia Militar (PM) que determinou diligências e localizou os empregados em estado de choque caminhando na estrada sentido ao município de Nova Mamoré”, consta na nota.

A Emater ainda disse que está prestando assistência aos empregados e colaborando com a investigação do crime.

Três funcionários da Entidade Autárquica de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Rondônia (Emater) foram mantidos reféns por mais de oito horas, na quinta-feira (15), na Zona Rural de Nova Mamoré (RO). Os suspeitos roubaram o veículo da empresa.

Comentários