Encontro com empresários aconteceu na sede do Sebrae de Brasiléia – Foto: Alexandre Lima

O senador Gladson Cameli (PP-AC) garantiu na tarde de ontem (17) durante reunião técnica do Departamento Nacional de Infraestrutura Terrestre (Dnit) no prédio do Sebrae, em Brasileia, que uma das determinações do Ministério dos Transportes é que os serviços e empregos gerados pelas obras do Anel Viário sejam todos contratados nas cidades de Epitaciolândia e Brasileia.

“Essa é uma determinação que será cumprida à risca pelo consórcio de empresas que vencer a licitação, visa a geração de emprego e renda, serão R$ 60 milhões que vão circular na economia local” assegurou o senador.

O supervisor do departamento no Acre, engenheiro Thiago Caetano, fez uma explanação técnica das etapas das obras, demonstrando desde o esforço para a garantia dos recursos até a fase de licitação e a previsão do início da intervenção, no verão deste ano.

“Vale ressaltar aqui todo o empenho da bancada federal e do estado que doou o projeto. No dia 30 de dezembro nós conseguimos salvar os recursos, agora é uma questão mais burocrática para que tudo comece a todo vapor” disse Caetano.

Trabalhos de tapa-buracos nas Avenidas Manoela Marinho Montes e Rui Lino estão em andamento – Foto: Alexandre Lima

O engenheiro está em Brasileia nesta quarta-feira fiscalizando uma operação tapa buracos na rodovia federal que corta a cidade. A pedido do senador Gladson Cameli ele mantém audiências com os prefeitos Tião Flores e Fernanda Hassem.

“O senador tem solicitado uma atenção especial a essa região e no que depender de nós todas as parcerias serão realizadas para melhorar o acesso e a qualidade de vida da população” acrescentou o engenheiro.

As obras de revitalização da BR 317 desde a divisa com o Amazonas até Assis Brasil também foram garantidas pelo Dnit.

 

Comentários