Principal suspeito do crime está foragido da polícia

Ocineide foi morta a facadas/Foto: Arquivo Pessoal
Ocineide foi morta a facadas/Foto: Arquivo Pessoal

Da ContilNet Notícias

O ex-presidiário Célio da Silva Cunha, 32 anos, está sendo acusado de ter matado sua esposa, Ocineide da Silva Menezes, 34 anos, com mais de 10 facadas nas costas, na cidade de Sena Madureira, na noite de quarta-feira (13).

De acordo com informações da polícia, o ex-presidiário é o principal suspeito do crime e encontra-se foragido. A Polícia Militar foi acionada, mas não conseguiu prender o acusado.

Segundo informações de conhecidos da vítima, ela teria conhecido Célio dentro do presídio e o ajudou enquanto ele estava preso.

Com várias passagens pela polícia, o acusado havia sido preso sob acusação de manter pessoas reféns em uma residência do bairro Bom Sucesso, em Sena.
O delegado de Sena Madureira responsável pelo caso, Cléber Gnatta, confirmou o assassinato e disse que ao chegar ao local a PM já encontrou a vítima sem vida.

“A PM foi acionada para atender uma ocorrência de violência doméstica, mas ao chegar ao local da ocorrência já encontrou a vítima morta. O principal suspeito é o seu companheiro, que está foragido da polícia”, disse.

 

Com informações do Ac Purus

Comentários