Fotos: Marcos Vicentti/Secom

Vice-governador, major Rocha fala de Segurança Pública e Agronegócio durante entrevista a radio Aldeia

O vice-governador do Estado do Acre, Major Wherles Rocha, acompanhado do comandante geral da Polícia Militar do Estado do Acre, Coronel Mário César, concederam entrevista aos jornalistas Leônidas Badaró e Jairo Carioca, na manhã desta segunda-feira, 14, no programa Resenha Aldeia, da Rádio Aldeia FM, 96.9, para falar sobre segurança pública e outros temas.

No primeiro bloco do programa o Coronel Mário César participou do programa respondendo perguntas dos ouvintes sobre segurança nas escolas, nos bairros e projetos de mapeamento reforçado por zonas. O coronel falou do trabalho do policiamento que está sendo realizado neste começo de gestão e que tem sido positivo e que a polícia comunitária será retomada e o policiamento reforçado nas regionais da capital e no interior do estado.

Rocha disse aos ouvintes da rádio Aldeia FM que os aprovados do concurso da Polícia Militar e da Polícia Civil serão chamados, pois o déficit de soldados é de mais de 2 mil homens e que será necessário chamar até o cadastro de reserva e que futuramente haverá concurso para o Corpo de Bombeiro do Acre. “Não há uma data prevista para o chamamento, pois é necessário um levantamento financeiro, pois o Estado ultrapassou o teto de gastos públicos na antiga gestão e estamos fazendo uma reforma administrativa em razão disto”, Explicou Rocha.

Investir e inovar na Segurança Pública, melhorar a qualidade de saúde e abrir o Acre para o Agronegócio

Major Rocha afirmou que o Acre tem muito que aprender com outros estados na questão de segurança e que o Acre pode copiar bons modelos. Um exemplo disso é a polícia comunitária que deu certo em vários países e que aqui no Acre já deu certo e que não entende por que a polícia comunitária foi abandonada. “Precisamos trabalhar firme na área da segurança, trabalhando em conjunto com a sociedade, para devolver essa tranquilidade que o acreano tinha e perdeu”, salientou Major Rocha.

Outra prioridade do governo, que o vice-governador enfatizou na entrevista: é a saúde. “Estamos com 14 dias de governo e é um desafio, pois há uma falta de estrutura na saúde enorme, com muitas dívidas e temos que ter uma preocupação especial com a saúde do nosso Estado. O governador viu de perto, visitando os hospitais e certamente o governo vai priorizar a saúde. Com a ajuda dos servidores, já podemos ver a volta das consultas na Huerb e outros setores que estão funcionando, e a ideia é tratar a saúde com preferência, encontrando soluções para todos esses problemas. ”

Falando sobre economia e agronegócio, Rocha respondeu ao jornalista Leônidas Badaró que é possível sim produzir sem desmatar aumentando a economia. “A visita do governador Gladson Cameli em Rondônia mostrou que podemos ter plantação e produção, sem desmatamento algum, pois temos áreas de terra suficiente para isso. ” Major Rocha falou dos investimentos feitos pelos empresários e a captação de recursos que pode ser obtida, através do agronegócio. “Temos esperança que viveremos um novo tempo em nosso Estado e em nosso país”, finalizou Major Rocha.

 

Comentários