Conecte-se conosco





Brasil

Rio: Só uma a cada 500 pessoas teve reação adversa a vacinas contra Covid-19

Publicado

em

Levantamento levou em conta informações oficiais da prefeitura

Secretário municipal de Saúde do Rio, Daniel Soranz aplicou a primeira dose da vacina da Pfizer em idoso carioca
Foto: Reprodução/CNN Brasil (4.mai.2021)

Lucas Janone, da CNN

Dados da Secretaria Municipal de Saúde do Rio de Janeiro constataram que dos 2.347.422 vacinados contra o novo coronavírus na capital fluminense, apenas 4.694 tiveram reações adversas.

________________________

Ou seja, somente um a cada 500 pessoas imunizadas apresentou algum tipo de efeito colateral.  

________________________

A prefeitura informou ainda que de todos os pacientes que tiveram os sintomas após a vacinação contra Covid-19, a maioria apresentou reações brandas, como dores corporais, indisposição e início de um quadro febril.

Para o vice-presidente da Sociedade Brasileira de Infectologia e professor da Faculdade de Medicina da UFRJ, Alberto Chebabo, o resultado positivo com as vacinas já era esperado entre os pesquisadores da área.

“As vacinas são muito seguras, isso eu posso garantir. Os cientistas envolvidos realizaram muitas pesquisas mesmo com o pouco tempo hábil. A Coronavac, por exemplo, praticamente não tem reação adversa. A vacina de Oxford [Astrazeneca] gera um pouco mais de sintoma, mas quase nada também”, disse o professor da Universidade Federal do Rio.

Chebabo reiteirou também que os efeitos colaterais, quando registrados, são de pouca relevância.

“Normalmente são sintomas leves apresentados pelos vacinados contra Covid-19. São dores e indisposição, apenas. Raríssimos casos tem um caso grave, quando uma pessoa apresenta um quadro de trombose”, finalizou.

Vacinação no Rio

A campanha de vacinação na cidade do Rio de Janeiro contra o novo coronavírus segue nesta segunda-feira (10) para mulheres com comorbidades de 49 anos. Já na terça-feira (11), são os homens com a mesma idade.

Segundo a prefeitura, o fluxo de pacientes em busca da vacina foi muito maior que o esperado, e o início da vacinação foi antecipado em algumas unidades com o objetivo de acelerar o atendimento. A Secretaria Municipal de Saúde do Rio vacinou somente neste sábado (8), 73.141 pessoas.

Comentários

Em alta