fbpx
Conecte-se conosco

Extra

Reconhecimento: Ministério da Educação destaca formação de professores em Brasiléia através do programa Criança Alfabetizada

Publicado

em

Brasiléia, município localizado no Acre, tem se destacado pela sua adesão ao programa “Criança Alfabetizada”, uma iniciativa do governo federal que visa promover a alfabetização de crianças em todo o país. Mais de 100 alfabetizadores, professores, gestores e coordenadores pedagógicos participaram de uma formação intensiva, mostrando o comprometimento da gestão com a educação das crianças.

O programa tem como articuladora municipal do Compromisso Nacional Criança Alfabetizada, Lara Mesquita, e o coordenador municipal de ensino, Jesus Bispo, que também é coordenador regional do programa.

A secretária de Educação de Brasiléia, Francisca Oliveira, comentou sobre a importância da participação do município no programa. “A adesão da prefeitura de Brasiléia, por meio da Secretaria Municipal de Educação, ao programa do governo federal é um compromisso da gestão em oferecer uma educação de qualidade para todas as nossas crianças. Esse é um passo essencial para garantir que nossos alunos tenham um futuro brilhante e promissor”, afirmou.

O Ministério da Educação (MEC) reconheceu o avanço do programa em Brasiléia com a formação proporcionada aos educadores, que é parte de uma estratégia maior para melhorar a qualidade do ensino e assegurar que todas as crianças sejam alfabetizadas na idade certa.

A iniciativa “Criança Alfabetizada” tem como objetivo principal reduzir o índice de analfabetismo infantil no Brasil, garantindo que todas as crianças tenham acesso a uma educação de qualidade desde os primeiros anos escolares.

A prefeita Fernanda Hassem enfatizou que este é apenas o começo de uma jornada de melhorias contínuas na educação de Brasiléia. “Estamos comprometidos em continuar investindo na formação de nossos educadores e na qualidade do ensino oferecido. Queremos que nossas crianças não apenas aprendam a ler e escrever, mas que se apaixonem pelo conhecimento e se tornem cidadãos preparados para o futuro”, pontuou.

Comentários

Continue lendo

Extra

Degolou com foice: Briga por terras termina em morte entre irmãos

Publicado

em

Uma tragédia entre família ocorreu na manhã desta quarta-feira, dia 12, em uma propriedade localizada no Ramal da Pinda, que tem acesso pela BR 317 (Estrada do Pacífico) no km 59, com mais cerca de 30km até o local. O incidente aconteceu por volta das 8h00.

Vítima quase decapitado com o golpe da foice.

Segundo foi apurado com os agentes da Polícia Civil que foram até o local e familiares, os irmãos estavam trabalhando em um campo quando tudo aconteceu. O irmão mais velho, de 27 anos, identificado como Mariano da Silva Amaral, utilizou uma foice para cortar o pescoço de seu irmão, Rosinildo da Silva Amaral, de 25 anos.

Segundo foi apurado com o pai, teria acontecido uma divisão de terras para os dois em partes iguais, sendo que Mariano não teria aceitado e queria mais. Os dois estavam rocando uma área quando teria havido uma pequena discussão e a vítima, teria pedido para o irmão ir embora e se virou para continuar o trabalho.

Foi quando Mariano desferiu um golpe mortal atingindo o pescoço que por pouco não separa a cabeça do corpo para em seguida, fugir do local rumo a cidade em uma moto. Os pais, Rosiane Oliveira da Silva e Maricil Moreira do Amaral ficaram transtornados com o acontecido enquanto as autoridades foram acionadas para o local.

Mariano fugiu após o crime e está sendo procurado pelas autoridades policiais na fronteira.

Devido a distancia, os agentes da Polícia Civil e do Instituto Médico Legal – IML, tiveram dificuldades para chegar no local. A moto foi localizada em uma casa na cidade e o acusado apenas comentou: “acabei com minha vida”, e tomou rumo ignorado, possivelmente fugindo para o lado boliviano.

Várias diligencias foram realizadas pela fronteira, mas, não foi possível localizar o acusado. Somente por volta das 16h40 o carro do IML partiu da cidade de Epitaciolândia para a Capital com o corpo de Rosenildo, na companhia do pai.

O caso está sendo coordenado pelo delegado Ricardo Castro e sua equipe de investigadores que estão tentando localizar o acusado

Veja entrevistas com o pai e parentes da vítima.

Comentários

Continue lendo

Extra

Idoso morre após perder controle de moto e bater em guard rail na BR-317

Publicado

em

Otávio Lopes da Silva, de 78 anos, natural do Rio Grande do Norte, faleceu no pronto-socorro de Rio Branco, capital do Acre, após um trágico acidente de motocicleta na tarde desta terça-feira (11), na ‘Curva do Alemão’, localizada no km 48 da BR-317, no município de Capixaba, interior do Acre.

De acordo com informações de populares, Otávio trafegava no sentido Capixaba/Rio Branco em uma motocicleta de alta cilindrada quando perdeu o controle do veículo, saiu da pista e colidiu com um guard rail (defensa metálica). O impacto causou um Traumatismo Craniano Encefálico (TCE) gravíssimo, fratura na face, fratura exposta no braço direito e a amputação da perna direita na altura do joelho.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foram acionados para o local. Uma ambulância de suporte básico prestou os primeiros socorros ao idoso, que foi encaminhado ao Hospital Ary Rodrigues, no município de Senador Guiomard. Devido ao estado gravíssimo, ele foi transferido para o pronto-socorro de Rio Branco, onde não resistiu e faleceu minutos depois na Sala do Trauma.

Ancião é natural do Rio Grande do Norte e sua CNH foi renovada no mês de maio passado.

Após a declaração de óbito, o corpo de Otávio foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) para exames cadavéricos, antes de ser liberado para a família realizar o velório e sepultamento.

O local do acidente foi isolado para a realização da perícia, que investigará as causas do acidente. A suspeita preliminar é de que Otávio possa ter passado mal ou adormecido enquanto pilotava a motocicleta. Após os procedimentos de praxe, a motocicleta foi removida por um guincho.

O trágico acidente ressalta a importância da cautela ao dirigir, especialmente em áreas de risco e para pessoas de idade avançada. A comunidade de Capixaba lamenta a perda de Otávio, um morador conhecido e respeitado na região.

Comentários

Continue lendo

Extra

Prefeitura de Brasiléia planeja mutirão para atendimento de crianças com TEA

Publicado

em

Em uma ação conjunta entre a Secretaria de Saúde e a Secretaria de Educação, a Prefeitura de Brasiléia realizou nesta terça-feira (11) uma reunião de alinhamento para a organização de um mutirão de atendimento voltado para crianças com Transtorno do Espectro Autista (TEA). O objetivo do encontro foi definir os detalhes operacionais, como a data e o local do evento.

Participaram da reunião a Secretária de Saúde, Alissandra de Araújo; a Coordenadora do Ensino Especial, Nara de Lima; e a Assistente Social, Márcia Simplício. O encontro foi fundamental para garantir que todas as necessidades das crianças com TEA sejam atendidas de maneira eficaz e integrada, promovendo um ambiente de suporte e cuidado para essas crianças e suas famílias.

A Secretária de Saúde, Alissandra de Araújo, destacou a importância dessa iniciativa como um passo crucial para ampliar o acesso a serviços especializados para crianças com TEA. “Nossa meta é proporcionar um atendimento mais inclusivo e eficiente, atendendo as necessidades específicas dessas crianças”, afirmou Alissandra.

A Coordenadora do Ensino Especial, Nara de Lima, ressaltou a importância da parceria entre as duas secretarias para o sucesso do mutirão. “A colaboração entre Saúde e Educação é essencial para garantir que as crianças recebam o apoio necessário em todas as áreas de suas vidas”, disse Nara.

O evento, que ainda terá sua data e local definidos, visa reunir profissionais de diversas áreas, como médicos, psicólogos, terapeutas ocupacionais e educadores, para oferecer um atendimento multidisciplinar às crianças com TEA. A iniciativa pretende também sensibilizar a comunidade sobre a importância da inclusão e do apoio às crianças com necessidades especiais.

A Assistente Social, Márcia Simplício, enfatizou a importância do envolvimento da comunidade e das famílias no evento. “O mutirão não é apenas uma ação de saúde, mas um esforço coletivo para promover a inclusão e o bem-estar das crianças com TEA em nossa cidade”, destacou.

A Prefeitura de Brasiléia reforça seu compromisso com a saúde e a educação inclusiva, e espera que o mutirão seja um sucesso, oferecendo o suporte necessário para as crianças com TEA e suas famílias. Mais informações sobre a data e o local do evento serão divulgadas em breve.

Comentários

Continue lendo