49,2%; da população economicamente ativa do Acre está com contas atrasados, portanto, com o nome sujo

O ano de 2019 não foi muito bom para quase metade dos acreanos. De acordo com dados divulgados em relatório da Serasa Experias nesta semana, 49,2%; da população economicamente ativa do Acre está com contas atrasados, portanto, com o nome sujo.

Ainda segundo o levantamento, Amazonas é o que possui a maior faixa da população de inadimplentes em comparação com os demais estados da Região Norte, com 54,2%. A ordem fica assim: logo atrás do Amazonas, surgem o Amapá com 49,8% da população de inadimplentes; seguido de Roraima, com 49,5%; Acre, 49,2%; Tocantins, com 45,9%; depois vem Rondônia, com 44,7%; e o Pará, com 42,5%.

O levantamento leva em conta o período entre outubro de 2018 a outubro de 2019. Os idosos foram os que apresentaram maior acumulo de dívidas, com mais de 900 registros no Serasa. Um aumento total de 10,1%, pouco mais de 9,8 milhões de inadimplentes.

Comentários