Na noite desta sexta-feira, dia 14, o Partido Social Liberal (PSL) de Epitaciolândia que já vinha apresentando o jovem empresário Everton Soares para concorrer as eleições de 2020, reuniu representantes de outras agremiações, para apresentar o nome de seu pré-candidato a vice.

Dias atrás, o PSL teria apresentado o pré-candidato do MDB a vice, o também empresário Rodrigo Santos, que em março passado realizou uma grande reunião na Câmara Municipal, onde contou com a presença de deputados federais, estaduais, vereadores e lideranças políticas, para prefeito no pleito deste ano.

Rodrigo então renunciou deixando a vaga para o representante do Partido Social Democrático (PSD), o jornalista Chiquinho Chaves. Este também vinha pleiteando a sua candidatura pela sigla, mas, após conversas nos bastidores, cedeu e optaram por uma união para criar uma chapa forte.

“Apesar de aparecer bem na opinião pública, acreditamos nessa união entre os dois partidos e quem sai ganhando e o povo de Epitaciolândia. Fizemos esse gesto em favor da unidade e do Município”, destacou Chiquinho Chaves.

Para Everton Soares, a chapa entre as duas siglas já era um sonho entre os simpatizantes do Município. “Quem ganha com essa união entre o PSD e PSL, é o povo de Epitaciolândia. Quero agradecer a Chiquinho Chaves pela maturidade, humildade e a partir de agora, considero como um casamento. Preciso da sua lealdade como ele precisa da minha e agora estamos juntos num mesmo ideal”, disse.

A união do PSL com o PSD para que seja oficializado na convenção que acontece nos próximos meses, já teria uma coligação o Solidariedade (SDD), Democratas (DEM) e Partido Socialista Cristão (PSC). Segundo foi informado, os próximos dias acontecerão mais reuniões partidárias, com o intuito de trazer mais siglas e fortalecer ainda mais com o MDB, além de um plantel de pré-candidatos à vereadores que poderá chegar a 70.

Veja vídeo abaixo.

Matéria relacionada:

MDB filia e lança pré-candidatura do jovem empresário Rodrigo Santos em Epitaciolândia

Comentários