As visitas íntimas no estado do Acre ocorrem semanalmente

A promotora do Ministério Público do Estado do Acre (MPAC), Alessandra Marques, usou sua página no Facebook no domingo (9) para fazer uma declaração polêmica com relação aos presos que cumprem penas nos presídios. Segundo ela, as visitas íntimas deveriam ser extintas, o que diminuiria consideravelmente a corrupção nos presídios estaduais.

“Temos que acabar com visitas íntimas em presídios! Chega!”, disse Alessandra Marques. A medida proposta por ela rendeu elogios dos internautas.

Alessandra Marques, promotora de Justiça do Acre/Foto: Reprodução

As visitas íntimas aos presos ocorrem semanalmente. É comum que os presos dividam a cela com lençóis para desfrutar do momento com suas companheiras.

Mas nos últimos meses, inúmeras mulheres foram presas em flagrante tentando entrar nos presídios estaduais com drogas, principalmente em suas partes íntimas.

Comentários