Após o crime, os bandidos fugiram levando uma bolsa do professor, que não tinha muitos objetos e nem o dinheiro.

Homem de 37 anos é atingido com tiro na cabeça no Centro de Rio Branco — Foto: Tálita Sábrina/Rede Amazônica Acre
Por Ithamar Souza, Redação Ecos da Notícia

O professor Márcio Uzedo de Souza, 37 anos, foi ferido por um disparo de arma de fogo após reagir a um assalto na manhã desta segunda-feira (11), próximo ao prédio da Secretaria de Saúde do Acre (Sesacre), na Rua Floriano Peixoto, no Bairro Centro, em Rio Branco.

Segundo informações da polícia, Souza, que é professor de artes marciais, havia ido a um banco para sacar seu salário junto com a sua esposa, mas quando o casal estava saindo da agência, foram cercados por dois criminosos que anunciaram o assalto.

O lutador então reagiu e tentou chutar os bandidos, mas um dos criminosos, de posse de uma arma de fogo, efetuou um disparo na cabeça da vítima. Após o crime, os bandidos fugiram levando uma bolsa do professor, que não tinha muitos objetos e nem o dinheiro.

A esposa da vítima saiu ilesa e acionou o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU). Os socorristas realizaram os primeiros atendimentos e encaminharam o professor ao pronto-socorro de Rio Branco em estado grave. Segundo os socorristas, o projetil entrou na cabeça da vítima sem saída, e não teve perda de massa encefálica.

A Polícia Militar estiver no local do ocorrido, colheram informações sobre os criminosos e fizeram buscas na região, mas ninguém foi encontrado até o momento. O caso será investigado pela Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Vítima estava no Calçadão da Benjamin Constant, quando foi abordado. Homem foi levado ao pronto-socorro de Rio Branco.

Márcio Souza, de 37 anos, estava no Calçadão da Benjamin Constant, Centro da capital, quando foi alvejado com um tiro na cabeça.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado e a vítima atendida pela viatura 01. De acordo com o Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp), o homem estava em um local próximo onde algumas pessoas se reúnem pra jogar, quando a mulher dele chegou pedindo dinheiro.

Quando ele começou a contar as cédulas, foi abordado. A polícia trabalha com uma possível tentativa de assalto. O homem foi levado ao pronto-socorro em estado grave. Ainda segundo a polícia, os criminosos estavam a pé e fugiram do local.

Comentários