Conecte-se conosco





Geral

Prefeitura firma parcerias para facilitar acesso à linha de crédito do INCRA a Moradores de Assentamento em Epitaciolândia

Publicado

em

A Prefeitura de Epitaciolândia firmou parcerias para facilitar aos moradores de Assentamentos para fazer a documentação e ter acesso aos créditos financiados pelo INCRA.

O vice prefeito Antônio Soares representando o prefeito Sérgio Lopes, falou dos trabalhos que a prefeitura vem desenvolvendo voltados ao homem do campo, na recuperação de ramais, mecanização de terras e do apoio para que produtores rurais possam acessar créditos e outros auxílios.

O Vice aproveitou para anunciar a 7ª Edição do Programa Saúde na Comunidade, que será realizado neste sábado dia 12, na Associação Nossa Senhora Aparecida na Comunidade do Prata.

O Presidente da Associação Daniel Dorzila, agradeceu a prefeitura pelo apoio que vem dando a comunidade, na questão da limpeza de roçagem e remoção dos entulhos para que os mesmos voltem a realizar as reuniões da associação e sobre a disponibilização do caminhão da linha para escoamento da produção por parte da Secretaria de Produção.

A Agente de Desenvolvimento da Prefeitura Jessica Silva, fez uma breve explanação da forma e os requisitos para os produtores Assentados terem acesso a essas linhas de créditos oferecidas pelo INCRA.

Além disso prefeito Sérgio Lopes, disponibilizou uma equipe que foi capacitada pelo Incra para fazer os cadastros dos beneficiários que terão uma sala de atendimento no STR (Sindicato do Trabalhadores Rurais de Epitaciolândia), contando com a parceria do presidente Sebastião que é um parceiro do município, que além de prestar serviços na emissão de documentos exigidos para o acesso ao crédito irá orientar aqueles que por ventura tenha alguma pendencia em relação a documentação.

Os produtores rurais que moram em áreas de assentamento poderão ter acesso aos créditos de Instalação inicial R$ 6.200, fomento R$ 6.400 e terão 2 anos para carência e será devolvido 10% e fomento mulher R$ 5.000 com 1 ano de carência e devolução de 20%.

Comentários

Em alta