DSC_1903

Assessoria PMB

Os professores da rede de ensino municipal participaram de uma formação continuada nos

dias 25 e 26 de setembro com o grupo paulista Mathema – nome de origem grega que significa aprendizagem, que por sua vez deu origem a palavra matemática. Grupo especializado em pesquisa de questões relativas ao ensino e aprendizagem escolar.

O grupo é coordenado pela Profª. Dra. Kátia Stocco Smole e Profª. Dra. Maria Ignez Diniz, tem desenvolvido diversas ações junto a órgãos oficiais, escolas públicas e privadas no sentido do aperfeiçoamento e formação contínua de professores e equipes de coordenação pedagógica.

A principal característica das pesquisas desenvolvidas pelo Mathema é a formação do professor, que é feita com metodologia própria que parte da análise da prática do professor, se complementa pelo estudo que fundamenta as propostas de intervenção nessa prática e permite ao professor construir seus projetos de ensino adequados à realidade dos alunos e da escola.

DSC_1910

De acordo com a Secretária de Educação Goreth Bibiano a formação se faz a partir do constante diálogo entre as diversas áreas do conhecimento, uso de múltiplos recursos didáticos e tecnológicos, buscando a aproximação entre as diferentes linguagens e formas de pensar para tornar a aprendizagem dos alunos significativa e transformadora.

“Nossa meta é proporcionar formação continuada aos docentes da rede municipal, e com o melhor grupo de pesquisa na área de matemática que existe no Brasil. Essa ação fundamenta-se nos resultados ainda insuficientes das avaliações externas da qual participamos. Trazer o Mathema para Brasiléia demonstra o nosso compromisso com Educação de qualidade, da qual nos sempre buscamos. Objetivamos elevar o conhecimento do professor, que por sua vez se refletirá em mudanças de sua prática de sala de aula, resultando em melhores resultados no ensino-aprendizagem dos alunos. Queremos colocar Brasiléia no mapa das melhores notas de matemática do Estado do Acre”.

DSC_1912

Nessa primeira etapa participaram professores e coordenadores das redes municipal e estadual de ensino.

“Entendemos que o esforço tem que ser coletivo, por isso, priorizamos vagas para rede estadual também nessa formação continuada realizada pela Prefeitura. È de substancial importância à participação desses professores, os problemas de aprendizagem não cessam quando o aluno chega ao 6º ano, sem competências e habilidades necessárias para aquela série. O professor obviamente tem que estar preparado para atender esse aluno também” destacou a secretária.

Ainda de acordo com a secretária Goreth Bibiano todos os investimentos serão realizados para que a educação do município se desenvolva ainda mais.

Comentários