Prefeito Everaldo, na companhia dos vereadores da base e secretário, levou às boas novas aos até então, invasores da área - Foto: Lair Sabino/ascom
Prefeito Everaldo, na companhia dos vereadores da base e secretário, levou às boas novas aos até então, invasores da área – Foto: Lair Sabino/ascom

Com apoio do Ministério Público, será feito uma triagem para que famílias sejam beneficiadas

Alexandre Lima, da redação

O prefeito do município de Brasiléia, Everaldo Gomes (PMDB), esteve no Bairro Nazaré, para dar uma boa notícia as famílias que ainda tentavam ter uma moradia, após perderem tudo na última enchente, ocorrida em fevereiro passado.

Na companhia dos vereadores Marcos Tibúrcio (PSDB), Rogério Ponte (PMDB) e Joelso Ponte (PP), além dos Secretários de Planejamento Francisco Sales e gerente do Setor de Cadastro, Inés Gadelha, o prefeito Everaldo explicou sobre o apoio que recebeu de sua base desde que aconteceu a invasão da área, na tentativa de desapropriar o local.

Inicialmente, foram cerca de 200 famílias que fugiram de áreas consideradas locais de risco permanente pela Defesa Civil Municipal. O déficit habitacional no Município, atualmente vem se acumulando a mais de uma década, se esbarra na burocracia causada pela demora de distribuição e legalização de terras, tanto na área rural quanto urbana principalmente pelo governo federal e do estado.

Desaproriação irá beneficiar centenas de famílias que irão passar por triagem no setor de cadastro, com apoio do MP - Foto: Lair Sabino/ascom
Desaproriação irá beneficiar centenas de famílias que irão passar por triagem no setor de cadastro, com apoio do MP – Foto: Lair Sabino/ascom

As boas novas foi recebida com muita alegria pelo moradores que estão ali desde abril passado. Mas, tudo são flores. Foi comunicado que haverá um grande levantamento e recadastramento com ajuda do Ministério Público, para que famílias não sejam desemparadas, enquanto algumas que já possuem posses, ganhem lotes.

“Isto não negociação, e sim necessidade em ver que famílias irão ser beneficiadas com lotes, para possam começar uma nova vida. Haverá critérios para que sejam beneficiados e somente assim, a prefeitura irá oferecer os benefícios através do Plano Diretor do Município”, comentou o prefeito.

Segundo o vereador Joelso Pontes, “Estamos felizes em ver o esforço do prefeito para que a desapropriação não acontecesse e machucassem essas pessoas. Parabenizamos toda a equipe que se empenhou juntamente com os advogados e chegasse a uma solução pacífica e dar essa boa notícia. Como vereador, estava preocupado para que não acontecesse como o 28 de Maio”, disse.

Everaldo Gomes mostra o documento de desapropriação - Foto: Lair Sabino/ascom
Everaldo Gomes mostra o documento de desapropriação – Foto: Lair Sabino/ascom

O local que tem aproximadamente 12 hectares, irá receber os trabalhos de divisão de lotes e ruas, para em seguida chegue os serviços de água potável e energia elétrica, dentro de um cronograma planejado para que todos sejam beneficiados.

“Estamos felizes. Nossa equipe trabalhou muito nesses meses que passaram, para que pudéssemos desapropriar essa área e ajudar essas famílias. Sabemos que muitos perderam tudo na enchente passada e não tem condições de comprar um terreno para depois construir uma casa. Estamos felizes em vencer essa primeira etapa”, finalizou Everaldo Gomes.

Matéria relacionada:

Moradores afetados pela cheia invadem terrenos em busca de uma moradia digna

Comentários