Acima do limite permitido por Lei. Assim estão 5 prefeitos do interior do Acre que foram notificados pelo Tribunal de Contas do Estado por excesso de despesas com servidores públicos.

Os prefeitos dos municípios de Epitaciolândia, Tião Flores, de Mâncio Lima, Isaque Lima, de Rodrigues Alves, Sebastião Correia, de Porto Walter, José Barbary, e Porto Acre, Bené Damasceno, terão 15 dias para apresentar defesa junto aos órgãos de controle. Os gestores estão acima do limite de gastos prudenciais com pessoal e poderão sofrer sanções.

O anúncio foi publicado na edição do Diário Eletrônico desta quarta-feira (23).

Segundo o órgão controlador, o objetivo do processo é apurar as responsabilidades dos gestores com relação aos gastos que se encontram acima do permitido com a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), no 2° quadrimestre de 2018.

Comentários