DSC_4056

WILIANDRO DERZE, Semcom PMB

O Prefeito de Brasiléia Everaldo Gomes esteve no auditório do Centro de Educação Permanente – CEDUP para explicar a população as etapas e trabalhos que serão executados na duplicação da Avenida Manoel Marinho Monte.

A reunião realizada principalmente com os moradores ao longo da Av. M. Marinho Monte contou com a presença do engenheiro da Associação dos Municípios do Acre – Amac, engenheiros da Prefeitura de Brasiléia e vereadores.

De acordo com o engenheiro do município, Carlos Hugo Velasquez a readequação do projeto diminuiu o número de imóveis que serão afetados com a duplicação da Avenida. O que vai garantir uma avenida atendendo as necessidades do município, sem afetar grandemente os imóveis ao longo da região.

Segundo ainda o engenheiro da Prefeitura, a empresa de energia elétrica, operadora de telefonia e o Departamento Estadual de Pavimentação e Saneamento – DEPAS foram notificados para realizarem os serviços de remoção dos postes de energia, equipamentos de telefonia e readequar os sistemas de água e esgoto ao longo da Avenida.

DSC_4058

O prefeito Everaldo Gomes disse que todos os órgãos foram notificados para que a obra seja executada de forma correta e sem mais transtornos a população.

Everaldo destacou que os recursos destinados ao projeto tem prazo para a execução. E explicou dizendo que se não fosse feito uma readequação de forma imediata, o dinheiro para realizar a obra poderia voltar ao Ministério.

Questionado se a obra não teria trabalho de saneamento com água e esgoto o prefeito disse que o projeto foi somente readequado, mas mesmo antes, não era previsto esse tipo de trabalho pelos recursos que foram disponibilizados.

“O projeto que foi feito pela antiga gestão não fez o estudo necessário para garantir o saneamento ao longo da Avenida. Por isso, notificamos o Depasa, e as empresas de energia e telefonia para realizar os serviços de suas competências. Para termos uma ideia, o Plano de Saneamento Básico que ficou parado há anos, trouxemos para ser debatido com a população e que possam em breve colocar para ser aprovado, garantindo que obras como essas possam conter toda essa etapa. Poderíamos deixar o recurso voltar e fazer um novo projeto, mas tenho certeza que a maioria da população quer a obra, mesmo que no futuro tenhamos que ser feito outros investimentos para melhorar ainda mais nossa cidade. O que não podemos é deixar essa nossa avenida dessa forma”, destacou o prefeito.

DSC_4054

Para deixar bem claro sobre os imóveis que serão afetados, o prefeito explicou que uma equipe da Prefeitura, juntamente com a empresa vai conversar com os moradores e tentar chegar a um consenso para não haver prejuízos.

O senhor Felipe Santos Souza morador as margens da avenida, disse que o prefeito está de parabéns em explicar como foi realizado o projeto e como a prefeitura tem que viabilizar o mais rápido possível os trabalhos.

“O prefeito esclareceu a todos como será feito a duplicação e como esse projeto começou. Queremos ver a obra, mesmo com os seus problemas, e não ficarmos aguentando criticas de políticos que só querem o atraso do município. No atraso estávamos vivendo e agora temos a oportunidade de vermos nossa cidade com uma avenida digna a todos. Sei dos transtornos que a obra vai causar, mas por pouco tempo, por que em breve vamos está usufruindo do bem estar de uma cidade bonita a sua população. Essa reunião foi importante para sabermos quem é a favor do desenvolvimento do município e quem quer o atraso. Mas, essas pessoas que querem ver tudo dando errado tiveram a oportunidade e não fizeram em anos anteriores, e ainda ficam torcendo para essa atual gestão do prefeito Everaldo que está com boa vontade não realizar o projeto. Essas pessoas deveriam é se envergonhar do que estão fazendo”, disse Felipe.

Os vereadores Marivaldo Oliveira, Naldo Rufino, Marquinhos Tibucio, Bil Rocha, Fernanda Hassem, Erizete e o presidente da Câmara, vereador Mario Jorge acompanharam toda a reunião com os moradores da Avenida M. Marinho Monte no auditório do CEDUP.

Comentários