Conecte-se conosco





Geral

Preço médio da gasolina sobe para R$ 5,67 em Porto Velho após alta de 1,4% em uma semana, diz ANP

Entre 26 de junho e 3 de julho, o motorista estava pagando R$ 5,59 (em média) pelo litro da gasolina. Etanol também teve alta e litro já custa R$ 4,99, em média.

Publicado

em

O que faz os preços da gasolina e diesel subirem?

Por G1 RO

O preço médio da gasolina subiu oito centavos em uma semana nos postos de Porto Velho, de acordo com pesquisa da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) divulgada nesta segunda-feira (12).

Entre 26 de junho e 3 de julho, o motorista estava pagando R$ 5,59 (em média) pelo litro da gasolina. Já entre 4 e 10 de julho, o valor do combustível passou a ser de R$ 5,67 (alta de 1,4% em em relação a semana anterior).

Ainda segundo a ANP, em 27 de fevereiro o preço médio chegou a custar R$ 5,68 na capital, mas em março houve redução e desde então vinha oscilando entre R$ 5,58 e R$ 5,61.

Etanol

O combustível também teve uma alta na última semana: saiu de R$ 4,94 para R$ 4,95 (alta de 1%).

Em Porto Velho, segundo a ANP, o etanol está subindo sem parar desde o início de maio e já está já está R$ 0,29 mais caro do que o diesel nos postos.

Desde o início de maio, o combustível ficou ficou 9,29% mais caro para o motorista que abastece com álcool.

Diesel

Entre 4 e 10 de julho, o diesel subiu um centavo nos postos da capital de Rondônia. Saiu de R$ 4,69 para R$ 4,70 (no preço médio).

Ainda de acordo com a ANP, o valor do diesel aumentou 22% desde o início de janeiro, que na época era comercializado por R$ 3,84.

Os valores são uma média calculada pela ANP com dados coletados em postos em diversas áreas da cidade. Os preços, portanto, variam de acordo com a região. Ainda conforme a agência, o “cálculo do preço médio foi baseado na média aritmética”.

Na semana passada, a Petrobras anunciou reajuste de diesel às refinarias, em 6,3%, enquanto a gasolina terá alta de 3,7%. Foi o primeira aumento feito na gestão do general Joaquim Silva e Luna.

O repasse dos reajustes nas refinarias aos consumidores finais nos postos não é garantido, e depende de uma série de questões, como margem da distribuição e revenda, impostos e adição obrigatória de etanol anidro e biodiesel.

Composição de preço da gasolina – Foto: Arte G1

Rota do combustível

A gasolina e o diesel consumidos em Rondônia são transportados por meio fluvial até o porto de Porto Velho

Caminho que diesel e gasolina fazem para abastecer Rondônia, Acre e Mato Grosso – Foto: AVG/ Rede Amazônica

A gasolina e o diesel consumidos em Rondônia, Acre e norte do Mato Grosso saem de Manaus (AM) e são transportados por meio fluvial até o porto de Porto Velho, para então ser distribuída por via terrestre para as demais localidades. Já o etanol que chega ao porto do Mato Grosso é levado, também pelo rio, à capital amazonense.

Cadeia de comercialização dos combustíveis – Foto: Arte/G1

Comentários

Em alta