Atual ponte que liga os municípios de Brasiléia à Epitaciolândia, além do elo para o Pacífico pel BR 317, poderá ter mais uma ao lado – Foto: Alexandre Lima

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) anunciou nesta terça-feira (4) que três pontes metálicas que faziam parte de trechos ferroviários desativados na Bahia, São Paulo e Paraná serão doados ao Acre e instalados sobre o rio que dá nome ao estado.

As estruturas passarão por restauração antes de serem destinadas ao governo do Acre. Uma das pontes fará nova ligação entre as cidades de Brasileia e Epitaciolândia e será colocada ao lado da ponte metálica já existente.

Outra vai para Xapuri e interligará o centro urbano do município com o distrito de Sibéria. A terceira e última ponte não teve sua destinação informada pelo órgão.

De acordo com o Dnit, a reutilização das estruturas serve preservar o patrimônio ferroviário, principalmente pelo seu valor histórico. “A autarquia vem trabalhando no sentido de prover a melhor destinação dos bens não-operacionais em prol da finalidade pública”.

O órgão disse ainda que as doações auxiliarão no desenvolvimento regional. “A construção das pontes atende à demanda do Estado de promover segurança e trafegabilidade a moradores das cidades próximas. Ao facilitar o transporte, as pontes proporcionam avanços na educação para as comunidades rurais, além de garantir ligação com as áreas urbanas de Xapuri”.

As pontes também colaborarão para o escoamento e a comercialização dos bens produzidos nas comunidades, além de uma alternativa para o transporte dos insumos agrícolas.

Comentários