Os policiais sabiam onde o Benedito estava e a prisão do acusado era apenas uma questão de tempo

A jovem Milena Ferreira da Silva, de 22 anos, foi atingida por golpes de facas na noite da última sexta-feira (18), em um bar no município de Acrelândia, no interior do Acre – Foto: montagem.
ITHAMAR SOUZA

Benedito Ferreira de Nogueira foi preso na tarde desta terça-feira (22), no município de Plácido de Castro, no interior do Acre. Ele é acusado de matar a jovem Milena Ferreira a facadas em Acrelândia, na última sexta-feira (18).

Segundo informações do delegado Danilo Almeida, após o crime, o acusado passou a ser monitorado tanto pela Polícia Civil quanto pela Polícia Militar. Os policiais sabiam onde o Benedito estava e a prisão do acusado era apenas uma questão de tempo, até que o mandado fosse expedido pela Justiça.

Com o mandado de prisão em mãos foi possível ir até o local onde os policiais sabiam que Benedito estava e o prenderam. Durante a prisão, não houve resistência do acusado.

Entenda o caso

A jovem Milena Ferreira da Silva, de 22 anos, foi atingida por golpes de facas na noite da última sexta-feira (18), em um bar no município de Acrelândia, no interior do Acre. Segundo informações da polícia, Benedito pediu a vítima em namoro, mas a jovem o rejeitou, então, o agressor esfaqueou a mulher na região no peito.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado e levou Milena ao hospital de Acrelândia em estado de saúde gravíssimo. Ela foi transferida para o pronto-socorro de Rio Branco. Na manhã do sábado (19), a vítima não resistiu os ferimentos e acabou morrendo após fazer uma cirurgia no hospital.

A mãe da vítima, identificada como Márcia da Silva, de 42 anos, ainda registrou um boletim de ocorrência. Dona Márcia disse que a facada perfurou o pulmão e acertou o coração da filha. O corpo foi levado ao Instituto Médico Legal (IML).

Comentários