Adélio Bispo de Oliveira, de 40 anos, foi preso em flagrante logo após o atentado; em depoimento, suspeito diz que agiu “a mando de Deus”.

Comentários