Conecte-se conosco





Brasil

Polícia Civil prende seis por estupro e tráfico de droga em Acrelândia

Publicado

em

Ascom/Policia Civil do Acre

Na manhã desta segunda-feira, 27, a Polícia Civil no município de Acrelândia mostrou balanço de suas ações desenvolvidas durante a última semana onde conseguiu lograr êxito em prender 6 pessoas pelos crimes de estupro e tráfico de drogas no município de Acrelância/AC.

Durante a ação policial os investigadores prenderam o nacional D. J. A. P. suspeito de abusar sexualmente de uma criança de apenas 09 anos de idade. O fato ocorreu na zona rural de Acrelândia. A criança já vinha sendo abusada e não conseguia se libertar do agressor, já que ele é parente dela e outros familiares encobertavam os fatos, precisando de pessoas estranhas ofertar a denúncia às autoridades. Quando ouvido, teve o disparate de informar aos policiais que a culpa é da criança, pois havia sido seduzido por ela.

Em outra ação, desta vez em conjunto com Policia Militar de Acrelândia/AC, os agentes de Policia Civil tiraram de circulação mais três pessoas envolvidas com o tráfico de drogas na região e são suspeitas de cometer vários outros crimes, inclusive tentativa de homicídio.

O Delegado Dione Lucas ressaltou a importância da união entre as Polícias para a obtenção de um resultado satisfatório no combate à criminalidade e conclama a população que continue informando às autoridades sobre práticas criminosas que tenham conhecimento, sendo que há vários canais para se obter isto sem necessidade de identificar o denunciante.

Por último, a Polícia Civil e Polícia Militar prendeu em flagrante no Bairro Portelinha, no último fim de semana, mais duas pessoas, V. A. N. e A. L. S por estarem praticando tráfico ilícito de entorpecentes. Um dos presos, já é velho conhecido da polícia e responde inclusive por homicídio e é egresso do Sistema Penitenciário.

Ao todo foram presas seis pessoas que foram conduzidas à Delegacia Geral de Policia Civil do município e em seguida colocadas à disposição da justiça.

Comentários

Em alta