Uma ação da Polícia Civil, por meio do Núcleo Especial de Capturas (NECAPC) e das Delegacias de Combate a Roubos e Extorsões (DCORE), Repressão à Entorpecente (DRE) e Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), realizada desde o início desta semana, resultou na prisão de seis  pessoas suspeitas pelos crimes de tráfico e homicídio na capital.

A primeira prisão foi realizada na segunda-feira, 23, em uma residência localizada no bairro Cidade Nova. Através de investigações, a polícia conseguiu junto à Justiça um mandado de busca e apreensão que foi cumprindo na residência de Genilza da Silva Cunha, 39 anos. Ela foi presa em flagrante em posse de entorpecente e dinheiro oriundo da venda do produto.

Em outra ação deflagrada no bairro da Pista, três integrantes de uma mesma família (pai, mãe e filho) foram presos em posse de 600 gramas de cocaína e dinheiro. Raimundo Nascimento da Silva (47), Gabriel Lima da Silva (22), e Maria Risolete Inácio de Lima, foram conduzidos a delegacia e indiciados por tráfico de droga.

A Polícia Civil também prendeu na manhã desta quarta-feira, 25, os primos, Wendson de Almeida Dutra de Lima (29) e Jardkson Sankley Araújo Dutra (21), capturados na região do bairro Leila Alcântara com 60 pedras de oxidado, câmeras de vigilância e duas motocicletas com restrição de roubo.

Também na madrugada desta quarta-feira, 25, Eriques Ferreira Oliveira, foi capturado no quilometro 25 do Ramal Nabor Junior, BR-364. No final da tarde de hoje, agentes da DHPP prenderam Lucas Freire da Silva, vulgo “Menelau”, Luiz Fernando da Costa, vulgo “Magal” e Mateus Mendonça da Costa. Todos com envolvimento no homicídio ocorrido dia 02 de fevereiro deste ano, no bairro Novo Horizonte, onde vitimou Luana Aragão, Rafaela dos Santos e Renan Barbosa.

As prisões são frutos das investigações desencadeadas pelas unidades especializadas da Polícia Civil.

Comentários