Rodinilson_Divulgacao_PCPedro Paulo

Rodinilson Ramos Rocha, de 32 anos, foi preso por roubo qualificado pelo concurso de pessoas nesta sexta-feira, 04, quando se envolveu em um acidente de trânsito, no bairro Bosque. Ele tinha a posse de um revólver calibre 38, com cinco munições intactas e pilotava uma moto YBR, Factor, preta, roubada de um pedreiro, na manhã de quinta-feira, 03, no bairro Tancredo Neves.

Passava do meio dia quando o investigado tentou roubar um idoso que havia saído de uma agencia bancaria, crime conhecido como “saidinha de banco”, quando invadiu a preferencial e bateu contra um carro. O condutor do veículo desceu para verificar a colisão e foi afrontado pelo ladrão armado.

Uma equipe da Divisão de Investigações Criminais (DIC), que monitorava a região financeira da capital, o prendeu em flagrante. Detido, ele foi conduzido à sede da Delegacia Antiassalto da Polícia Civil (Dapc). Depois de uma averiguação mais detalhada, foi constatado se tratar do presidiário em liberdade condicional, Rodinilson Ramos, que responde por tráfico, porte ilegal de arma de fogo, roubo, furto e lesão corporal.

O flagrante foi elaborado pelo delegado Karlesso Nespoli, que apura o roubo da moto do pedreiro, além de uma Hilux, branca, ocorrido em janeiro deste ano. A arma apreendida com Rodinilson Ramos, segundo a polícia, foi tomada do dono da caminhante e passará por perícia no Instituto de Analises Forenses (IAF).

Comentários