José foi localizado em casa e está a disposição da Justiça agora.
Alexandre Lima

No dia 18 de março passado, Antônia Lima Ferreira (39), foi vítima de uma tentativa de homicídio praticado pelo seu ex-companheiro, José Alberto Soares Pinheiro (46), que teria lhe abordado quando chegava em seu local de trabalho no bairro José Moreira.

Antonia e José tinham um relacionamento atribulado e quase terminou em morte – Foto: arquivo pessoal

Antonia sofreu quase 20 perfurações pelo corpo e ainda teve a faca cravada no seu pescoço. O motivo seria uma queixa feita pela mulher contra o homem que estaria parada e o caso foi reaberto pelo Ministério Público. Ao saber, José foi tirar satisfação e quase matou a mulher.

Milagrosamente, Antonia sobreviveu da morte certa e após dias na Capital, se recupera das perfurações que sofreu. José foi preso 39 dias depois do crime em sua casa no mesmo bairro onde ocorreu a tentativa do homicídio, na tarde desta quinta-feira, dia 27, por agentes civis da delegacia de Brasiléia.

José confirmou que teria tentado contra a vida da ex-companheira, pensando que ela teria registrado uma nova queixa contra ele. Durante os quase 40 dias, José teria se apresentado com um advogado e liberado, até o juiz da Comarca ordenar sua prisão.

O acusado seria ouvido pelo delegado titular de Brasiléia, Roberto Lucena, e será transferido ao presídio na capital onde ficará à disposição da Justiça para procedimentos de praxe, até possível julgamento.

Apesar dos ferimentos, Antonia escapou da morte e se recupera em casa.

Matéria relacionada:

Mulher é esfaqueada por ex após dar queixa em delegacia em Brasiléia

Comentários