Na tarde desta sexta-feira, 20, agentes de Polícia Civil no município de Mâncio Lima, distante 700 km da capital, prenderam em flagrante delito por porte ilegal de arma de fogo e de uso restrito, Marbison da Silva Lima, 28. A prisão se deu em uma residência localizada na Comunidade São Domingos, zona rural do município.

O acusado, que já possui passagem pela polícia pelo cometimento do crime de furto, já vinha sendo monitorado pelas autoridades policiais e no momento da prisão estava em posse de uma submetralhadora 9 milímetros de fabricação israelense de alto poder lesivo, municiada com 11 cartuchos intactos.

A equipe da Polícia Civil fechou o cerco no local e conseguiu efetuar a prisão do acusado, além de uma menor. Dois outro envolvidos conseguiram fugir entrando em uma região de mata densa.

O delegado Vinícius Almeida, falou que as buscas devem continuar no sentido de identificar os fugitivos. “Nós estamos investigando essas pessoas que têm envolvimento com o tráfico de drogas na região com ramificações no Peru”, pontuou Vinícius.

Marbison será indiciado por porte ilegal de arma de fogo de uso restrito, corrupção de menor, organização criminosa, tráfico de drogas e associação para o tráfico. A menor, que já possui passagem pela polícia por tráfico de droga, será encaminhada para o Ministério Público com o procedimento anterior ao qual ela já foi indiciada.

Comentários