Acusados foram conduzidos para a delegacia de Brasiléia - Foto: Alexandre Lima
Acusados foram conduzidos para a delegacia de Brasiléia – Foto: Alexandre Lima

Alexandre Lima

Uma operação realizada em parceria com agentes da delegacia de Brasiléia e homens do reservado da Polícia Militar, realizaram uma operação no intuito de fechar ponto de comercialização de entorpecentes no Bairro Alberto Castro, precisamente num comercio com o nome de “Bar do Bambu”.

A operação surpresa foi possível graças ao apoio dos moradores que ajudaram nas denuncias. Todos o trabalho de investigação por parte dos policiais durou muitos dias até conseguir prova suficiente para fazer o flagrante no local.

Foram detidos, Lenismar de Souza Braga (29), que vinha cumprindo liberdade condicional e Nilson Pinto de Souza (24). Com os dois, foram encontrados dinheiro, ‘cabeças’ com cloridrato de cocaína e um revolver calibre 22 municiado.

Segundo foi apurado, o bar vinha sendo usado como ponto de encontro de viciados, onde compravam a droga fornecida no local. Lenismar quebrou sua condicional e dever ser transferido a qualquer momento para o presídio estadual na Capital.

Nilson e Lenismar seriam ouvido pelo delegado titular de Brasiléia, Cristiano Bastos, onde deverá lavrar o auto infracional contra os dois, por porte ilegal de arma de fogo e munição, tráfico de entorpecente e associação ao tráfico.

Os dois ficarão a disposição da Justiça até pronunciamento e julgamento, podendo ser condenados a cerca de 15 anos de reclusão pelo crime.

Arma, dinheiro proveniente do comércio ilegal e droga foram apreendido no local - Foto: Alexandre Lima
Arma, dinheiro proveniente do comércio ilegal e droga foram apreendido no local – Foto: Alexandre Lima

Comentários