A operação desencadeada pela Delegacia de Proteção à Criança e Adolescente- DEPCA iniciou no último dia 30 e teve seu encerramento nesta sexta-feira (03).

Por Vânia Andrade- SEPC 

A Polícia Civil do Acre, por meio do trabalho de investigação da Delegacia de Proteção à Criança e Adolescente- DEPCA deu cumprimento nos últimos 04 dias a 19 mandados judiciais, dentre estes, 17 mandados de apreensão, onde menores em conflito com a lei são recolhidos em uma unidade de internação e 02 mandados de prisão por estupro.

Os presos condenados por estupro, José Vasconcelos de Lima, 50 anos, e Cliciano Alves da Silva, 40 anos, as penas de, respectivamente, nove anos e quatro meses em regime fechado e oito anos no regime semiaberto serão encaminhados direto ao Presídio de Rio Branco.

Os mandados foram cumpridos em diversas regiões de Rio Branco, como nos bairros cidade do povo, bairro 15, belo jardim e conjunto universitário. Durante a ação, os policiais civis prenderam em flagrante, pelo crime de receptação, Dário Pereira Dutra Júnior, 26 anos e Alexandre Aires de Souza, 19 anos.

Com eles, a Polícia encontrou uma motocicleta com restrição de roubo e uma televisão sem nota fiscal, ambos foram conduzidos a delegacia e devem ser encaminhados à audiência de custódia na manhã deste sábado (04).

O Delegado Geral Adjunto da Polícia Civil, Delegado Marcus Cabral, explicou que o nome da Operação “kairós” faz alusão ao agir na hora certa, o que traduz a atividade da polícia judiciária, que investiga, colhe elementos probatórios e com base nestes encaminha ao Poder Judiciário, pedidos de prisões e apreensões.

O resultado da operação, que tirou de circulação, vários acusados dos crimes de homicídio, tráfico de drogas, roubo e estupro foi apresentado hoje (03) na DEPCA.

Comentários