Sebastião Weverton Lima de França foi capturado pela Polícia Civil nesta sexta-feira (13) junto com irmão, que também estava foragido desde 2015.

Sebastião Weverton Lima de França foi capturado pela Polícia Civil nesta sexta-feira (13), em Rio Branco — Foto: Acervo/Iapen-AC
Por G1 AC — Rio Branco

Sobe para 15 o número de presos capturados após fuga em massa no Complexo Penitenciário de Rio Branco, no último dia 20 de fevereiro. Sebastião Weverton Lima de França foi localizado nesta sexta-feira (13), no bairro Recanto dos Buritis, na região do Segundo Distrito de Rio Branco.

Na ação, a Polícia Civil conseguiu prender ainda o irmão de França, Emerson Ferreira Lima, que estava foragido do sistema prisional desde 2015. Segundo a polícia, Lima tem duas condenações, sendo uma por roubo e outra por latrocínio, que somadas chegam a 29 anos.

_____________

Ele foi condenado pela morte de um policial militar em 2009 que teve a casa invadida, foi amarrado e executado com dois tiros na cabeça.

_____________

Já o preso França, que fugiu da penitenciária esse ano durante a fuga em massa, tem uma condenação de 108 anos pelos crimes de roubo, homicídio e tráfico. Os dois foram levados de volta ao presídio de Rio Branco.

Além de França, outros 14 detentos já haviam sido capturados após a fuga em massa e levados de volta para a penitenciária. Onze dos 26 presos seguem foragidos.

Sebastião Weverton Lima de França, vulgo “Casquinha”, foi um dos 26 fugitivos que conseguiu escapar do FOC e o irmão dele Emerson Ferreira Lima também foi recapturado na mesma ação. Emerson estava foragido do sistema prisional desde 2015.

Fuga em massa

Os detentos fugiram do pavilhão L, onde cumpriam pena em regime fechado. A fuga ocorreu após um fim de semana violento com sete execuções na capital. No vídeo mostra o momento exato em que os 26 presos escalaram o muro e deixaram a unidade.

Para escapar do presídio no último dia 20, eles fizeram um buraco na parede da cela e improvisaram cordas com lençóis. Os presos são da facção criminosa denominada Bonde dos 13, aliada ao Primeiro Comando da Capital (PCC), que atua em vários estados brasileiros.

Logo após a fuga, o secretário de Segurança Pública em exercício, Ricardo dos Santos, não descartou uma possível ligação entre a fuga em massa no FOC e o caso dos 76 detentos que fugiram de um presídio no Paraguai, no último dia 19 de janeiro.

Confira os nomes dos presos que seguem foragidos:

  1. Francisco Santos Braga
  2. Rogério Furtado dos Santos
  3. Ariclene Firmiano da Silva
  4. Dheyci de Angelo Lima e Lima
  5. Aloísio Lucas Mesquita
  6. Saymon Wallace Fonseca do Nascimento
  7. Valber de Aguiar Morais
  8. Ezimar Menezes Teixeira
  9. Raimundo Nonato dos Santos Fonseca
  10. José Valdenes Viana da Silva
  11. Gerilto Caetano da Silva

Comentários