Saulo Negreiros – Assessoria PMAC

Através de uma denúncia anônima realizada via Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp), homens do Segundo Batalhão de Polícia Militar (2° BPM) prenderam na noite desse domingo, 25, três agentes sob posse de 8 armas de fogo, sendo uma delas uma submetralhadora 9 mm, que, supostamente, seriam utilizadas para o cometimento de crimes em Rio Branco.

Carlos Afonso Ferreira, 53 anos, Antônio Carlos Souza Ferreira, 19 anos, e João Paulo Souza Ferreira, 18 anos, foram presos em flagrante. Com eles, os policiais apreenderam uma submetralhadora MP-18, mesmo modelo usado na 1ª guerra mundial.

A ação policial ocorreu no bairro Cidade Nova.

De acordo com os policiais, após o recebimento da denúncia a guarnição se deslocou até o endereço mencionado pelo denunciante. Momento em que foi realizado o cerco, juntamente com mais uma guarnição, à residência.

O morador da casa que, segundo denúncias, realizava a manutenção do armamento foi preso com os demais “comparsas”. No local, além do armamento, foram aprendidas 63 munições intactas e demais artefatos para o manuseio das armas de fogo.

Os envolvidos e os objetos do crime foram conduzidos até a Delegacia Central de Flagrantes (Defla) onde foram tomadas as medidas legais.

Comentários