fbpx
Conecte-se conosco

Extra

Perna humana encontrada no Rio Acre pode ser de mulher sequestrada e assassinada

Publicado

em

Vítima foi submetida ao “tribunal do crime” e enterrada por facção criminosa. Polícia e Bombeiros realizam buscas para localizar restante do corpo.

Uma perna humana foi encontrada na noite desta quinta-feira (20) às margens do Rio Acre, na Rua do Passeio, bairro Taquari, Segundo Distrito de Rio Branco. A descoberta macabra foi feita por um pescador que imediatamente acionou a Polícia Militar.

De acordo com a Polícia Civil, a perna encontrada pode pertencer a uma mulher identificada apenas como Andressa, conhecida por ser usuária de entorpecentes e monitorada por tornozeleira eletrônica. A mulher foi sequestrada juntamente com um homem na segunda-feira (17) e ambos foram julgados e sentenciados à morte por uma facção criminosa que domina o bairro Taquari. As investigações indicam que, após o assassinato, os corpos foram enterrados em uma cova no barranco do Rio Acre.

A família de Andressa, ao saber de seu desaparecimento, iniciou uma campanha de oração para que seu corpo fosse encontrado. Comovidos, os membros da facção desenterraram o corpo em decomposição e o jogaram às margens do rio. A suspeita é que um animal, possivelmente um jacaré, tenha arrastado o corpo para a água, deixando apenas a perna no barranco.

O local foi isolado pela Polícia Militar e a perícia criminal foi acionada para recolher o membro. A Polícia Civil, juntamente com o Corpo de Bombeiros, iniciou buscas para localizar o restante do corpo de Vanessa. Além disso, os agentes estão investigando o possível local onde o corpo do homem sequestrado pode estar enterrado.

Agentes da Equipe de Pronto Emprego (EPE) coletaram as primeiras informações e o caso será aprofundado pela Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

As autoridades continuam investigando o duplo homicídio e trabalham para identificar e prender os responsáveis.

Comentários

Continue lendo

Extra

Suly Guimarães desiste de candidatura à prefeitura de Brasileia. Carlinho do Pelado poderá ser anunciado a qualquer momento

Publicado

em

Suly irá cuidar de sua saúde após saber o resultados dos exames em Goiânia – Foto: Alexandre Lima/arquivo

Brasileia – Suly Guimarães anunciou que não será mais candidata à prefeita de Brasileia. A decisão foi tomada após uma consulta médica em Goiânia nesta quinta-feira, 18.

Suly, que já havia enfrentado problemas de saúde devido a um cisto na mama, voltou a ter complicações e decidiu focar em sua recuperação.

Em nota, Suly Guimarães justificou sua desistência: “Dispensando contestar, provar, comentar ou refutar qualquer notícia, ou desinformação disseminada pelo mau sentimento de alguns, digo somente a todos, e principalmente aqueles que mais me apoiaram, que minha saúde não me permitiu continuar nessa batalha.”

Com a desistência de Suly, o atual vice de Fernanda Hassem, Carlinhos do Pelado, deve assumir a candidatura à prefeitura de Brasileia.

Carlinho do Pelado deverá ser anunciado como pré-candidato a qualquer momento – Foto: Alexandre Lima/Arquivo

Pelado espera o pronunciamento do Partido que poderá ser feito a qualquer momento, ou somente durante a convenção que acontece na próxima semana.

Leia a nota abaixo.

“É com muita angústia, mergulhada no sentimento de apego a batalha e ao bom combate que travamos na pre-campanha, e que inclusive ainda estamos vivenciando, que venho comunicá-los de minha abdicação ao pleito político para a candidatura a Prefeitura do município de Brasiléia.

Não é segredo que estivemos em uma caminhada extensa e extenuante para darmos continuidade ao projeto virtuoso do qual fiz e faço parte na gestão da Prefeita Fernanda Hassem. Aceitei o desafio, pois tomada pelo orgulho de fazer parte da gestão de Brasiléia que é esse cartão postal Acreano de avanços e boas práticas, parti em busca do apoio de nossa gente para tentar contribuir como uma guia deste projeto visando continuar, aprimorando o engrandecendo através de toda a minha experiência nesses tantos e tantos anos de vida pública como soldado que batalhou diretamente, que viu, sentiu e coordenou muitas vezes as vitórias que hoje refletem o êxito e sucesso que vivenciamos como Administração Pública em Brasileia. Porém, não foi isso que a vida me reservou para o momento.

Dispensando contestar, provar, comentar ou refutar qualquer notícia, ou desinformação disseminada pelo mau sentimento de alguns, digo somente a todos, e principalmente aqueles que mais me apoiaram, que minha saúde não me permitiu continuar nessa batalha. Hoje Infelizmente, embora com pulso firme e palavra certa tenha conduzido por tanto tempo os bastidores de nossa gestão, justamente a minha saúde me escapa do meu controle no momento, fazendo com que todos os planos, todos os sonhos sejam revistos, reanalisados e sopesados.

Peço desculpas e respeito a todos por não entrar em detalhes, nem toda angústia é fácil ou possível de ser compartilhada, inclusive pra quem se posicionou de forma reservada durante toda a vida, mas asseguro que estou bem e irei me reestabelecer 100%.

Por fim, agradeço a minha amiga e líder, Fernanda Hassem, pela oportunidade de ter o espaço e a possibilidade de galgar essa caminhada, ainda assim me permitiu sair vitoriosa por ter alcançado tantos corações brasileenses nessa jornada. Restituo a escolha de nosso possível sucessor as sábias opiniões de nossas lideranças, e ratifico qualquer que seja a decisão tomada, pois acredito, defendo e honrarei nosso time da gestão de Brasiléia.”

Suly Guimarães

Comentários

Continue lendo

Extra

Denúncia de ameaças leva Polícia Civil a descobrir armazenamento ilegal de diesel boliviano em Brasiléia

Publicado

em

Screenshot

Uma denúncia de violência doméstica registrada na delegacia de Brasiléia resultou na descoberta de um armazenamento ilegal de diesel de origem boliviana. A ação policial foi desencadeada após uma ex-companheira relatar ameaças e a possível posse de uma arma de fogo pelo acusado.

De acordo com o delegado de Polícia Civil Ricardo Castro, a denúncia levou ao pedido de um mandado de busca e apreensão junto à Comarca do Município. O pedido foi embasado nas alegações de ameaças que envolviam uma arma de fogo, configurando uma situação dentro dos parâmetros da Lei Maria da Penha. Com o mandado expedido, a polícia se dirigiu ao bairro Ferreira Silva para realizar a busca na residência do acusado.

No momento da busca, o homem não estava presente e os policiais foram recebidos pela atual companheira do acusado, que informou que ele estaria na zona rural. Durante a inspeção da residência, os policiais civis encontraram vários tambores contendo diesel armazenado de forma irregular, supostamente proveniente da Bolívia.

Screenshot

Diante da descoberta, os policiais civis comunicaram o fato à Polícia Federal, uma vez que o caso se enquadra na jurisdição federal. Conforme as leis 8.176/91 e 9.605/98, armazenar combustíveis em casa sem licença constitui crime no Brasil, além de representar um risco significativo à segurança da família e da comunidade.

Estima-se que aproximadamente 700 litros de diesel estavam armazenados na residência. O Corpo de Bombeiros do 5º BPCIF foi acionado para auxiliar na remoção e transporte do combustível apreendido para a sede da Receita Federal.

A mulher presente na residência foi conduzida à sede da Polícia Federal como testemunha e alegou que o combustível era para uso próprio. Diante dessa situação, é provável que ocorra o perdimento do combustível apreendido. O homem envolvido deverá se apresentar às autoridades nas próximas horas para esclarecer tanto as acusações de ameaças quanto o armazenamento ilegal de diesel. A suposta arma de fogo mencionada na denúncia não foi encontrada durante a busca.

A denúncia de violência doméstica acabou revelando uma atividade ilegal com implicações maiores, envolvendo o armazenamento de combustível de origem estrangeira. As investigações prosseguem no âmbito federal para elucidar todos os detalhes e responsabilidades.

Comentários

Continue lendo

Extra

Atualização: Ônibus intermunicipal é consumido pelo fogo na BR 317

Publicado

em

Screenshot

Um ônibus leito da empresa Trans Acreana, que faz linha interligando os municípios de Brasiléia/Assis Brasil, foi consumido pelo fogo quando trafegava pela BR 317 – Estrada do Pacífico na tarde desta quinta-feira, dia 18. O sinistro ocorreu no km 26.

Imagens registradas por populares mostram o veículo em meio as chamas na estrada. Foi comunicado posteriormente que não havia passageiros, pois o veículo estava se deslocando para manutenção após apresentar problemas técnicos no equipamento de ar-condicionado.

O jornal oaltoacre.com entrou em contato com o escritório da empresa na Capital, onde informaram que haviam sido comunicados do incidente e que uma equipe estaria sendo formada para irem até o local e averiguar o que pode ter acontecido.

“O importante é que ninguém saiu ferido nesse incidente. Estaremos dando o total apoio aos nossos passageiros e funcionários e vamos iniciar os trabalhos para tentar saber o que aconteceu”, disse um dos funcionarios da empresa.

ATUALIZAÇÃO:

Nota à Imprensa

No fim da tarde desta quinta-feira, 18, um ônibus da empresa Trans Acreana que transitava, sem passageiros, de Assis brasil rumo à garagem de Rio Branco pegou fogo na altura do quilômetro 26 da rodovia BR-317. O motorista saiu do veículo ao perceber a fumaça sem sofrer dano algum e de longe viu as chamas que logo tomaram conta do carro identificado pelo prefixo 826, modelo Mercedes Benz/Marcopolo, ano 2015, seminovo, portanto, ressaltamos que este ônibus estava em perfeitas condições de funcionamento, tendo, inclusive, passado pela inspeção obrigatória na Iveacre – Inspeção de Segurança Veicular do Acre – que emitiu o Laudo de Inspeção Técnica (LIT) exigido pela ANTT (Agência Nacional de Transporte Terrestre).

Estamos avaliando a provável causa do incêndio, pois este veículo apresentou pela manhã um curto circuito em seu equipamento de refrigeração (ar condicionado), motivo pelo qual foi colocado fora de serviço e substituído pelo reserva que estava em Brasileia.

A direção da Trans Acreana lamenta muito o incidente, pois o carro era praticamente novo e a empresa tem investido constantemente na renovação de sua frota, oferecendo aos seus usuários o que há de mais moderno no mercado de transporte de passageiros rodoviário.

Comunicamos que um carro novo passará a operar nesta linha prejudicada.

A Diretoria

Veja laudo técnico abaixo:

Veja vídeos:

Comentários

Continue lendo