‘Ele estava congregando, foi no momento da pregação da palavra’, contou a irmã de Marco Antônio.

Pastor morre eletrocutado com microfone durante culto evangélico, em Manaus — Foto: Eliana Nascimento/G1 AM
Por Eliana Nascimento, G1 AM

O pastor e pedreiro Marcos Antônio Laurencio de Araújo, de 47 anos, morreu eletrocutado na noite de quinta-feira (26), em Manaus. À noite, ele usava um microfone de fio, durante a ministração de um culto evangélico, quando sofreu o choque elétrico. O caso aconteceu na Colônia Antônio Aleixo, Zona Leste de Manaus.

A irmã da vítima, Gerlane Araújo, de 36 anos, contou que por volta das 19h, durante uma forte chuva, o irmão estava na igreja que congregava com a esposa quando ocorreu uma queda de energia.

“Ele estava congregando, foi no momento da pregação da palavra. Estava chovendo, a energia foi embora. Quando retornou, caiu a descarga elétrica no microfone e ele foi atingido com o choque”, contou a irmã da vítima.

O caso foi presenciado pelos membros da igreja. A esposa da vítima tentou socorrer o pastor, mas chegou a pegar também um choque, segundo familiares.

O pastor foi levado para uma unidade hospitalar da Colônia Antônio Aleixo, mas não resistiu aos ferimentos. De acordo com familiares, o homem deixou uma filha e uma neta.

“O que nos deixa confortado como família é que ele morreu pregando a palavra de Deus e não estava em bar, usando drogas ou fazendo algo errado. Lá, os membros da igreja disseram que a palavra deixada por ele foi um versículo do livro de Mateus: ‘Vinde a mim, todos os que estão cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei’. Ele deixou uma mensagem”, completou.

O corpo da vítima foi levado para o Instituto Médico Legal (IML). O velório do pastor acontecerá na casa da mãe, na Zona Norte de Manaus.

Comentários