Conecte-se conosco





Geral

Pastor e diretor da Santa Casa é denunciado por assédio ao pedir “massagem” a candidata a vaga de emprego

No conteúdo, é possível perceber uma abordagem fora do comum em relação a entrevista de emprego, como por exemplo, o fato do diretor pedir uma massagem nas costas e a candidata se negar

Publicado

em

Por Marcos Venicios 

O pastor e diretor da Santa Casa de Rio Branco, José Ildson Viana, foi denunciado por uma candidata a vaga de emprego na Unidade de Saúde por supostamente praticar assédio sexual no ambiente do trabalho. Um Boletim de Ocorrência foi registrado nesta terça-feira, 20, na Delegacia Especializada de Atendimento a Mulher (DEAM).

O ac24horas teve acesso ao teor das mensagens de WhatsApp e também a um áudio com duração de pouco mais de uma hora, onde a profissional de saúde e o diretor conversam no escritório dele. No conteúdo, é possível perceber uma abordagem fora do comum em relação a entrevista de emprego, como por exemplo, o fato do diretor pedir uma massagem nas costas e a candidata se negar. Todo o material está sob análise da Polícia Civil que decidirá se o diretor será indiciado ou não.

A reportagem apurou que recentemente a Santa Casa de Rio Branco ofertou nas redes sociais 150 vagas de empregos para biomédicos, enfermeiros e técnicos em laboratórios. O processo seletivo não exigia experiência e o diretor de Relacionamento Institucional da Unidade de Saúde, José Ildson Viana era o responsável pela triagem dos profissionais.

O diretor da Santa Casa foi procurado nas primeiras horas desta quarta-feira, 21. Ildson, que também é advogado, afirmou não ter conhecimento da denúncia e que pedir massagem durante entrevista de emprego não faz parte da sua conduta. Ele informou que não foi intimado e ainda questionou a reportagem sobre o nome da candidata que o denuncia, mas a reportagem resguardou o nome da suposta vítima.

Ildson deverá prestar esclarecimentos nos próximos dias na Delegacia da Mulher.

Comentários

Em alta