Alexandre Lima e Almir Andrade

Era por volta das 13h30 desta terça-feira (3), quando Genilson de Souza Borges (29), se deslocava rumo pela BR 317 (Estrada do Pacífico), rumo o ramal de acesso ao Polo Wilson Pinheiro, com entrada no km 4, na companhia de seu filho de sete anos.

O veículo modelo VW/Voyage, placas MZS 2634 em que dirigia, perdeu o controle na entrada quando tentou acessar o ramal e desviar de um buraco, o carro ziguezagueou e rodou saindo da estrada e foi rumo a um pequeno barranco.

IMG-20151103-WA0037

Como havia um buraco cheiro de água devido as chuvas do final de semana, o veículo tombou e ficou com as rodas para cima. Genilson ficou preso ao cinto de segurança com a cabeça debaixo d’água quase se afogando juntamente com seu filho.

“Não sei de onde arrumei forças e meios para conseguir me virar e destravar o cinto debaixo d’água. Estava quase me afogando com meu filho e foi um livramento de Deus. Hoje tenho uma nova data de vida”, disse o motorista que saiu apenas com pequenas luxações pelo corpo.

Seu filho teria batido o rosto apenas e foi levado para o hospital de Brasiléia, onde foi atendido e medicado, para em seguida ser liberado. Com ajuda de terceiros e um guincho, o veículo foi desvirado e levado para conserto.

Veja vídeo reportagem com Almir Andrade.

Genilson ficou preso ao cinto de segurança com a cabeça debaixo d'água quase se afogando juntamente com seu filho - Foto: Alexandre Lima
Genilson ficou preso ao cinto de segurança com a cabeça debaixo d’água quase se afogando juntamente com seu filho – Foto: Alexandre Lima

Comentários