Ele disse que o governo vai renovar um subsídio, que vence nesta terça-feira, para garantir os R$ 0,46 de desconto até o fim do ano. Mas admitiu que o preço pode subir dependendo do mercado internacional.

Ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha – (Antônio Cruz/Agência Brasil)

Comentários