Conecte-se conosco





Cotidiano

Paciente acreano que venceu na justiça o direito de receber alimentação enteral em Rondônia, morre vítima de câncer

Publicado

em

A morte do idoso foi informada pelo filho, o repórter e radialista, Fernando Oliveira que lamentou a partida do pai.

Desde o primeiro semestre deste ano, o acreano Antônio Oliveira, 70 anos seguia em tratamento contra um câncer de língua em Porto Velho (RO). Na manhã de segunda-feira (04), seu Antônio não resistiu as complicações decorrentes da doença.

O Herói de meus irmãos e eu, Dinho, Valdim, Lando e Lene. Nosso querido, velho, amigo e eterno pai Antônio de Oliveira. Nos deixa hoje com o coração cheio de gratidão e boas lembranças e recordações de um bom pai que dedicou a sua vida em prol de sua esposa e seus filhos. Que Deus o acolha meu pai em sua misericórdia na morada eterna”, disse.

Desde julho, o agricultor que morava no Ramal do Alemão no município de Brasileia, distante, 231 quilômetros da capital Rio Branco, vinha travando em paralelo outra luta. Desta vez para ter o direito de receber do estado de Rondônia alimentação enteral, destinada aos pacientes em tratamento contra o câncer e outras debilidades adquirida pelos imunossuprimidos.

No dia 08 de setembro, após o Estado descumprir pela segunda vez decisão judicial, o Juiz Johnny Gustavo Clemes, do 1º Juizado Especial da Fazenda Pública de Porto Velho, ordenou em sentença condenatória pelo bloqueio do dinheiro para custear a alimentação do idoso.

A luta travada em vida por Antônio Oliveira não foi em vão. Por conta da ação em favor dele, movida pelos advogados Marilza Gomes e Sérgio Muniz, da Defensoria Pública, outros 750 pacientes que passam pelo mesmo dilema em todo o estado poderão ser beneficiados a partir de agora pela decisão judicial.

Em maio deste ano, o governo estadual por meio da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) decidiu cortar a alimentação especial dessas pessoas. Até o momento não houve solução para o caso.

Na época, por meio de um memorando enviado ao jornalismo do News Rondônia,  a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) esclarecia aos gerentes regionais e chefes de núcleos de nutrição e Dietética, de que a “Cene estaria sofrendo com o “Déficit” de produtos e estoque mínimo em outros, por consequência não tem sido possível o atendimento total da demanda das Unidades Hospitalares da Rede de Saúde da Sesau/RO e Pacientes domiciliares atendidos pelo Programa de Terapia Nutricional Enteral Domiciliar, que inclui pacientes do Serviço de Atendimento Multidisciplinar Domiciliar – SAMD, do Núcleo de Apoio e Conciliação – NAC, do Núcleo de Mandados Judiciais e demandas administrativas.

Também por meio de uma nota, a prefeita, Fernanda Hassem e o vice-prefeito de Brasília Carlinhos do Pelado lamentaram o falecimento do idoso Antônio Oliveira.


O Jornal Eletrônico News Rondônia que esteve a frente deste episódio, também presta a suas condolências ao jornalista, Fernando Oliveira e aos seus familiares.

Comentários

Em alta