Quarteto é acusado de vários delitos na pequena Assis Brasil.
Alexandre Lima

Um trabalho que partiu de dois mandados de prisão na cidade de Assis Brasil, localizada no extremo norte do Estado do Acre e distante 330km da Capital, resultou na apreensão de armas, drogas e material utilizados na prática de furtos e assaltos nos últimos dias.

Segundo o delegado Karlesso Naspoli que coordena a regional do Alto Acre, a operação obteve êxito em tirar de circulação, jovens que vinham praticando tráfico de drogas, furtos, participação em organização criminosa, porte ilegal de arma de fogo e posse de entorpecentes.

Essa seria a quarta fase da Operação Êxodo realizada na cidade de Assis Brasil. Keliany Pereira Teixeira foi presa acusada de tráfico de drogas; João Paulo Rodrigues, em flagrante de furto, corrupção de menores e posse de drogas; Djair da Silva Valentim, esposo de Keliany, tinha mandado de prisão em aberto por tráfico de drogas e participação em organização criminosa.

Luis felipe Gonçalves Moura, foi preso em flagrante na posse ilegal de arma de fogo, de drogas, e com a mascara que vinha sendo usada em assaltos pela cidade, além de ser acusado de ser um dos principais articuladores para a venda de drogas em Assis Brasil.

Três jovens foram ouvidos e liberados após oitivas na delegacia da cidade. Parte de produtos que haviam sido furtados na companhia de um menor da escola de ensino fundamental Vicente Bessa, foram recuperados na posse de João Paulo.

Três rapazes e a jovem Keliany foram conduzidos para a delegacia de Brasiléia, onde irão esperar o pronunciamento da Justiça e serem transferidos para o presídio FOC nas próximas horas.

Veja vídeo reportagem abaixo.

Comentários