Os conselheiros da Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Acre (OAB/AC) deliberam na tarde desta quinta-feira (17/03) sobre a abertura de processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff. A análise é realizada a pedido do Conselho Federal, que deixou para as Seccionais a incumbência de apresentar a posição institucional em cada Estado.

O presidente da instituição no Acre, Marcos Vinícius Jardim Rodrigues, explicou que a análise será realizada com base nas denúncias e provas que versem sobre o tema.

“É um honra participar de um momento histórico e ao mesmo tempo uma grande responsabilidade, pois analisaremos a postura e os atos tomados pela chefe de Estado. Nossa sessão será pública, franca, aberta e a deliberação será encaminhada ao Conselho Federal, em cumprimento à missão constitucional e histórica da OAB”, explicou.

Segundo Marcos Vinícius, a consulta proposta pelo presidente Conselho Federal, Claudio Lamachia, servirá como base para as discussões naquele Conselho, órgão competente para a deliberação do tema.

“Todas as Seccionais estão realizando a mesma análise. São Paulo e Paraná já se manifestaram e no decorrer da semana as demais também o farão”, disse.

A Ordem possui mais de novecentos mil advogados em todo o Brasil.

Comentários