Por Jane Vasconcelos/Jornalista

Tem como mudar essa cor? Podia colocar uma flor ali? E minhas amigas da melhor idade foram convidadas? Temos que olhar com mais amor para nossa cidade!  Esse carinho das crianças enche de alegria o meu dia! Eu não gosto mais da chuva. Traz muitos problemas…

Só uma mulher que gosta de gente, cuida de uma cidade com esse olhar tão amplo e cheio de amor. Ela acorda cedo, às vezes acho que nem dorme, e está sempre pensando, pesquisando, lendo, buscando o que fazer para Brasiléia e sua gente.

Sim, ela é mãe! Sim, ela é esposa! Sim, ela tem amigos! Sim, ela tem família! Sim, ela acompanha cada ação feita pelas equipes na Prefeitura! Sim, ela bate na porta de parlamentar, de ministérios, de Instituições em busca de apoio para o município! Sim, ela confraterniza sempre que pode!  Sim, ela dá conta! Sim, ela sonha!

E um dos sonhos nasceu da “desesperança” de uma alagação. Ela ainda mora no mesmo lugar e sofre o mesmo risco de perder tudo para o rio Acre, que fez parte da sua infância de menina livre. Cada lembrança ainda traz uma risada gostosa, de quem tomou banho escondido da Dona Fátima e do seu Licurgo, afinal o rio era a grande diversão das crianças daquela época.

Ela nunca teve medo de desafio e quando “entrou pra política” foi para o Partido dos Trabalhadores contrariando a todos. Lá permanece até hoje sem medo de nenhum questionamento, e não foi por falta de convite para abandonar o partido que a viu crescer.  Ela é leal!

Ao assumir a Prefeitura montou uma equipe pé no chão e, com muito trabalho, sem perseguir ninguém, foi arrumando a casa. E o verde da “Fronteira da Esperança” foi tomando conta dos corações, das famílias, das praças, das escolas, dos ramais, das unidades de saúde, do centro do idoso, das ruas, dos desfiles cívicos e, hoje, a bandeira do Brasiléia, é referência para todo o Acre. Aqui tem prefeita de verdade!

É claro que ainda tem muita coisa para se fazer por Brasiléia e a missão continua. A vontade de cuidar é real e Fernanda Hassem está preparada para a reeleição  agora com mais experiência e o amor de sempre. A Fernanda ama mais.

Por mais “fernandas” na política brasileira!

Comentários