No Brasil, o primeiro caso confirmado pelo Ministério da Saúde de Covid-19 remonta ao dia 26/02/2020. Desde então, todas a unidades federativas viram a necessidade de monitorar e se atentar a propagação da doença, uma vez que, seu avanço decorre em escala global. No Acre, os três primeiros casos registrados e confirmados pela Secretaria de Estado de Saúde do Acre (Sesacre), ocorreram no dia 17/03/2020.​

Neste sentido, o Grupo de Pesquisa Hidrologia, Meio Ambiente, e Geografia dos Riscos (HMAGR), buscou elementos para tentar compreender e colaborar na compreensão do cenário de disseminação e espacialização da Covid-19, no estado do Acre.​

Ciente do seu papel social e científico, o grupo tem disponibilizado uma serie de mapas, que são publicados diariamente em redes sociais, e estão disponíveis como banco de dados no site do (HMAGR). Através destas informações geoespaciais, cada cidadão pode observar, e a partir disso ter a dimensão de como a Covid-19 tem se disseminado e se espacializado nos municípios do estado.

Para elaboração dos mapas, são utilizados os boletins epidemiológicos divulgados diariamente pela Secretaria de Estado de Saúde do Acre (Sesacre), além do uso do software de geoprocessamento QGIS (3.4.12) LTR. Atualmente, os mapas são elaborados pelo bolsista Fábio Lúcio, sob a supervisão dos pesquisadores Rodrigo Perea e Anderson Mesquita, e podem ser acessados neste link.

Por: Anderson Mesquita / Fábio Lúcio

Comentários