fbpx
Conecte-se conosco

Acre

No Dia Nacional da Educação Ambiental, governo investe na sensibilização da sociedade para preservar meio ambiente

Publicado

em

A educação ambiental é uma chave para disseminar informações, políticas e práticas educativas relacionadas ao meio ambiente. Esse é o principal objetivo das ações executadas pelo governo do Acre, por meio da Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Sema) e do Instituto de Meio Ambiente (Imac), que já alcançaram mais de 7,5 mil pessoas desde 2023, quando as ações foram implementadas de forma continua por meio do Circuito Ambiental.

Educação ambiental atua na sensibilização de pessoas. Foto: Arquivo/Sema

No Dia Nacional da Educação Ambiental, comemorado nesta segunda-feira, 3, o Estado destaca a importância de sensibilizar crianças, jovens e adultos para a causa. A secretária do Meio Ambiente, Julie Messias, disse que ter apoio do governador Gladson Cameli, ” um gestor comprometido com a vida das pessoas”, faz a diferença.

“Nossas equipes estão presentes nas comunidades, levando informações sobre mudanças climáticas, uso de recursos naturais de forma racional e sustentável, por meio da educação ambiental não formal, atuando nas escolas para que nossas crianças cresçam sabendo como a atitude de cada um pode contribuir para a multiplicação de informações e práticas educativas sobre meio ambiente e possam compreender o território em que vivem”, afirma.

Educação ambiental é importante para a sensibilização de crianças, jovens e adultos. Foto: Alexandre Cruz-Noronha/Sema

A Sema realiza o Circuito Ambiental, que leva a temática ambiental para as escolas, com o intuito de difundir a informação para estudantes e a comunidade em geral, com jogos como o tapete Caminhando pelo Acre (mapa interativo que contém cartas com informações sobre os 22 municípios), Cine Verde (projeção de vídeos com conteúdo relacionado à temática ambiental), flanelógrafo (instrumento que possibilita falar de forma lúdica sobre biodiversidade e ciclo da água), sala de jogos e sessões de realidade virtual.

A aluna do primeiro ano do ensino médio do Colégio Estadual Barão de Rio Branco (CEBRB), Wilyane Sousa, participou do Circuito Ambiental e gostou das atividades. “Os óculos de realidade virtual mostraram como está o Rio Acre e é importante para a gente se conscientizar, não jogar lixo no rio”, afirmou.

Conforme o coordenador de Educação Ambiental da Sema, João Raphael Gomes, desde 2023, 17 municípios receberam ações, nas cinco regiões do estado e, até o fim deste primeiro semestre, mais dois municípios serão atendidos. “É um trabalho contínuo e conjunto à equipe de Educação Ambiental do Imac”, relata.

A secretária Julie Messias explica que a definição dos temas tratados em cada município é feita em conjunto com as secretarias municipais do Meio Ambiente, no âmbito da Rede de Governança Ambiental, que integra as ações municipais e do Estado, promovendo o alinhamento de objetivos e o aprimoramento de ações em prol da política ambiental.

Atividades de educação ambiental são realizadas durante todo o ano em municípios do Acre. Foto: Alexandre Cruz-Noronha/Sema

Educação ambiental para transformar

As atividades fomentam a participação ativa da comunidade, e as equipes identificam desafios e soluções para os impactos que as mudanças climáticas acarretam ao meio ambiente. Para aumentar o alcance das ações, a Sema estimula todos que participam a serem multiplicadores e levarem, para casa, para a sala de aula e outros espaços, as lições repassadas e também aprendidas.

Professora do 3º ano de um dos estabelecimentos que recebeu as ações, a Escola Nilce Machado da Rocha, em Porto Acre, Radija Caruta destacou que a atividade procura semear a educação ambiental no cotidiano dos alunos.

“Essa foi uma importante ação, que trouxe temas importantes aos nossos alunos. Foi um prazer receber as equipes aqui. Esse é um projeto lindo e inovador. Sempre faço atividades assim com os alunos, plantamos árvores, vemos o ciclo de crescimento, que é uma forma de conscientização”, conta.

Secretárias de Meio Ambiente participaram de ação de educação ambiental no programa Juntos Pelo Acre. Foto: Alexandre Creuz-Noronha/Sema

Reativação da Comissão Estadual de Educação Ambiental

Para fomentar as ações de educação ambiental no estado, a Sema retomou as atividades da Comissão Estadual de Educação Ambiental (Comeea) em fevereiro de 2024, com o objetivo de permitir um diálogo entre os diversos setores da sociedade e a efetiva implementação da Política de Educação Ambiental. Foi o primeiro passo para a elaboração de instrumentos de apoio à gestão, como o Plano Estadual de Educação Ambiental (PEA), tendo como referência a Política Nacional de Educação Ambiental (Pnea) e o Programa Nacional de Educação Ambiental (ProNEA).

Foram instalados filtros em unidade de conservação estaduais. Foto: Arquivo/Sema

Água potável e qualidade de vida

Em 2024, a Coordenação de Educação Ambiental, em parceria com a Divisão de Recursos Hídricos do Departamento de Unidades de Conservação e a Funasa, levou água potável e palestras de sensibilização sobre a importância da água potável e uso sustentável. Os filtros instalados foram do tipo Solução Alternativa Coletiva Simplificada de Tratamento de Água (Salta-Z).

Ações de sensibilização em escolas do estado. Foto: Alexandre Cruz-Noronha/Sema

Foram beneficiadas três unidades de conservação (UCs) estaduais: a UC Floresta Estadual do Mogno, na Unidade de Gestão Ambiental Integrada (Ugai) do Liberdade, em Cruzeiro do Sul; o Parque Estadual Chandless, em Manoel Urbano; e a Floresta Estadual do Gregório (Ugai do Acuraua), em Tarauacá.

“Promovemos rodadas de multiplicação de informações e palestras, para que todos pudessem utilizar os equipamentos instalados para obter água limpa e segura. Também mostramos a necessidade do uso racional da água, para preservar os recursos”, relata a secretária Julie Messias.

Fonte: Governo AC

Comentários

Continue lendo

Acre

Em videoconferência vice-governadora Mailza Assis defende rotas de integração entre o Acre e o Peru

Publicado

em

Por

Em videoconferência realizada no final da tarde desta quinta-feira, 20, a vice-governadora Mailza Assis defendeu as rotas de integração entre o Acre e o Peru como ações estratégicas para o fortalecimento da economia regional. A reunião remota contou com a participação do governador da região de Ucayali, Manuel Gambini Rupay, o titular da Secretaria de Estado de Indústria, Ciência e Tecnologia (Seict), Assurbanípal Mesquita, e o presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Acre, Luiz Gonzaga.

Reunião remota foi preparatória para o encontro de integração Acre – Ucayali que acontecerá no dia 12 de julho deste ano. Foto: Jairo Carioca/Seict

“A integração entre o Brasil e o Peru por meio do Acre vai gerar riquezas não somente para o nosso estado, mas para toda região” disse a vice-governadora.

No dia 12 de julho, acontece em Cruzeiro do Sul, o Encontro de Integração Acre – Ucayali, com o objetivo de dar continuidade às articulações que visam a realização de um voo regional entre as cidades peruana e brasileira, além da retomada do diálogo para construção de uma rodovia que ligaria o Acre ao Peru via Pucallpa. A vice-governadora Mailza Assis aproveitou para convidar Manoel Gambini para participar da agenda de governadores da Rota Quadrante Rondon programada para acontecer dias 9 e 10 de julho, em Rio Branco.

“Consideramos essas duas agendas estratégicas e fundamentais para o fortalecimento da nossa economia, do turismo e do desenvolvimento do estado como um todo”, acrescentou a vice-governadora.

O titular da Seict, Assurbanipal Mesquita, destacou o apoio do governador Gladson Cameli nas ações que visam o fortalecimento da Rota Quadrante Rondon e na retomada do diálogo entre as autoridades e o setor produtivo do Acre e Ucayali.

O presidente da Aleac, deputado Luiz Gonzaga colocou o parlamento a disposição das instituições reafirmando o compromisso do legislativo com pautas que visem o desenvolvimento do estado. “Estamos unidos, Executivo e Legislativo nas articulações com o Peru que visam melhorar a qualidade de vida das populações brasileiras e peruanas que vivem na fronteira”, disse Gonzaga.

Fonte: Governo AC

Comentários

Continue lendo

Acre

Trio que tentou matar taxista durante assalto passa a ser réu

Publicado

em

Os presidiários Weverton Feliciano, Jeferson de Souza Vieira e Lorrana Nascimento Gadelha, passaram da condição de acusados para réus pela tentativa de latrocínio contra um taxista e também por tráfico de drogas.

A decisão é do Juiz da Comarca do Bujari Manoel Simões Pedroga, que aceitou a denúncia do Ministério Público do Acre,

O crime aconteceu na noite de 29 de abril deste ano.

Consta na denúncia, que a intenção do trio, era subtrair o carro da vítima.

Para conseguir o plano criminoso, Lorrana contratou uma corrida entre Rio Branco a Bujari.

Mas durante o trajeto, a vítima foi rendida e levada para o Ramal do Mutum, área rural do Bujari.

Como medo de ser assassinado, o taxista correu e foi atingido com tiro de raspão na região da cabeça.

Mesmo ferido o taxista, pediu ajuda e foi socorrido pelo SAMU.

Pouco tempo depois, os três acusados foram presos pela Polícia Militar.

Ainda na decisão, que recebeu a denúncia, a justiça manteve a prisão de Weverton, Jeferson e Lorrana Gadelha.

Matérias relacionadas:

Trio do Crime: Bandidos do Comando Vermelho são presos após ataque a taxista

Da custódia para cela: Trio que tentou matar taxista durante assalto tem prisão preventiva decretada

Comentários

Continue lendo

Acre

Prefeitura de Rio Branco inicia Programa de Educação Fiscal nas escolas

Publicado

em

Por

A Prefeitura de Rio Branco, por meio das Secretárias Municipais de Educação (Seme) e de Finanças (Sefin), abriu oficialmente, na manhã desta quinta-feira (20) o Programa de Educação Fiscal 2024. A ideia é levar aos alunos da rede pública a consciência e a importância do pagamento dos tributos necessários para a municipalidade investir não só na educação, mas também em obras de infraestrutura, saneamento e melhorar a qualidade de vida dos cidadãos rio-branquenses.

Wilson: “Tributos pagos são importantes para o retorno” (Foto: Josefran Freitas / Assecom)

O secretário municipal de Finanças, Wilson Leite, explicou como os tributos pagos são importantes para o retorno aos próprios contribuintes.

“A gente não consegue realizar nada se não for pelo valor pago pelos impostos dos cidadãos rio-branquenses. seja na Educação, na Saúde, na limpeza da cidade, então são inúmeras as responsabilidades que têm sobre o município e a gente só consegue dar uma contrapartida e realizar todos esses trabalhos com o pagamento desses impostos.”

A coordenadora do programa, Kalma Roberta, salienta que esse curso de Educação Fiscal, voltado principalmente para os professores nesse primeiro momento, será fundamental.

Kalma: “O curso será fundamental” (Foto: Josefran Freitas / Assecom)

“Através desse programa, as crianças agora têm prazer em estudar numa escola pública, têm prazer de adquirir conhecimento com as pessoas preparadas. E aí, hoje, a nossa rede municipal de ensino é uma referência não só em nível de estado, mas a nível nacional pela iniciativa, pela preocupação de trazer isso para as nossas crianças, principalmente as crianças do ensino fundamental da rede municipal de Ensino”.

Nabiha: “A criança vai aprender a desenvolver  sua cidadania” (Foto: Josefran Freitas / Assecom)

Para a secretária municipal de Educação, professora Nabiha Bestene, esse entendimento hoje do pagamentos dos tributos pelas crianças em idade escolar, irá transformar futuros cidadãos conscientes de suas responsabilidades também para com a cidade e o lugar onde vivem.

“A criança vai aprender a desenvolver a sua cidadania, a criar, saber que ele têm direitos, mas ele têm também deveres, e saber que os tributos são de suma importância, que os pais, que todos nós temos que pagar ao município para que possa desenvolver as suas atividades. Eles vão receber nas escolas, as cartilhas, as instruções, as orientações e depois eles fazem através de uma redação e a escola recebe como prêmio, digamos, uma televisão, um data show, o que eles estão precisando naquela escola.”

Fonte: Prefeitura de Rio Branco – AC

Comentários

Continue lendo