Manifestantes cobram melhores condições de acesso a loteamento.
Prefeitura enviou equipe até o local para conversar com manifestantes.

G1

Moradores reclamam de falta de acesso a loteamento (Foto: Arquivo pessoal)
Moradores reclamam de falta de acesso a loteamento (Foto: Arquivo pessoal)

Moradores do loteamento Adalto Frota, localizado próximo ao Aeroporto Plácido de Castro fecharam as duas vias da BR-364, em Rio Brando. Os manifestantes relatam diversos problemas enfrentados pela comunidade. O protesto começou por volta das 11 horas deste sábado (2).

Os moradores reclamam que não têm acesso digno ao loteamento, pois o local não é asfaltado e em época de chuva fica coberto por lama. Eles dizem que a Prefeitura de Rio Branco não olha para aquela região.

“Estamos há muito anos vivendo na lama, as crianças têm que se sujar para poder ir à aula todos os dias. São ao menos 400 famílias morando aqui. Quando as pessoas passam mal aqui, não temos como sair direito, porque está um atoleiro só. A prefeitura veio aqui e fez um trabalho porco”, diz uma moradora do loteamento que não quis se identificar.

O G1 entrou em contato com a Prefeitura de Rio Branco e foi informado por meio da assessoria de imprensa, que uma equipe iria se deslocar até o local para negociar com os moradores.

Comentários